Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Recife e Perspectivas

11 de ago de 2009

"Aqui o mar é uma montanha
regular, redonda e azul,
mais alta que os arrecifes
e os mangues rasos ao sul.

(.....)

Na cidade propriamente
velhos sobrados esguios
apertam ombros calcários
de cada lado de um rio."

(Pregão Turístico do Recife, João Cabral de Melo Neto, poema escrito na década de 50.....)

Pois é, meus caros leitores. O Blog do Gol de Letras também é cultura! Como não lembrar de Recife? Quando tinha 20 anos, foi lá que se deram no verão 1987-1988 as minhas mais intensas experiências do primeiro amor correspondido. Ela também alcançara as duas décadas de existência. Por circunstâncias que tomariam muito espaço para a explicação, havíamos nos conhecido em minha primeira aventura pelo nordeste, com um bando de amigos, no começo da temporada que ficaria marcada futebolisticamente pelo surgimento do "Clube dos 13", a Copa União etc.

Quando se está com esta idade, não se tem a mais vaga idéia do que há por viver. 22 anos depois, aqui estou eu unido estavelmente pela segunda vez e com uma filhinha que nesta semana completará seus primeiros 12 meses.... Como os amores e paixões da juventude devem ficar como patrimônio da alma, quando Pernambuco de algum modo aparece no caminho, recordo deste período. A moça depois casou com um fazendeiro do Mato Grosso, e não deixou de exercer a enfermagem com a competência de quem se dedica à Saúde Pública, que oferece terríveis dificuldades no Brasil. Porém, o que importa?

E, claro, as lembranças ficam mais fáceis, porque a maior parte da família dela torcia.....pelo Sport Recife. Sim, o grande campeão da Copa do Brasil 2008, que, ontem, no Gigante da Beira-Rio, seguiu seu calvário. O Internacional cumpriu o dever, mas, acima de tudo, deu sinais de novo ânimo neste equilibradíssimo Campeonato Brasileiro. E agora, a torcida dos colorados deve ser por estupenda recuperação do clube da "Veneza Brasileira". Afinal, o São Paulo começou a crescer. E quando o tricolor do Morumbi começa a aumentar o rendimento na principal competição nacional, se torna inevitavelmente um grande favorito ao título.

Penso que as perspectivas são excelentes para quem aprecia e defende a mais justa das fórmulas, esta dos pontos corridos, turno e returno. É provável que três ou até quatro equipes cheguem nas últimas rodadas com chances de alcançar o título. Alguma coisa semelhante com o que ocorreu na Holanda, recentemente. E o Inter, com os reforços que trouxe, em princípio, faz crescer suas chances, ainda que a lateral direita siga sem solução, porque, segundo os argumentos da direção, não existe alguém de boa qualidade disponível no mercado. Edu se formou como atleta no São Paulo, o que depõe a seu favor, e jogou bem no Bétis, clube espanhol que, é verdade, não se sustentou na primeira divisão. Já Fabiano Eller cumpriu a melhor temporada de sua trajetória em 2006. Só por sua atuação contra o Barcelona, na memorável decisão do Torneio Mundial, mereceria lugar entre os melhores zagueiros da História Colorada.

Enfim, entre lembranças, um cotidiano de maior tranqüilidade, visto que desde hoje estou de férias da TVE-RS, e a atenção para os acontecimentos jornalísticos (os leitores de outros estados, que procuram se informar, sabem que o Rio Grande passa por uma crise política.....), entre os quais os do futebol, vamos lendo e escrevendo, a somar estas dimensões.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB