Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A totalidade da rodada

8 de out de 2009

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Pois esta acabou sendo a rodada do Brasileirão com mais empates. Nada mais, nada menos do que seis, 60% dos jogos, terminaram com resultados de igualdade.

Acho que não contei aqui, mas revelo agora: participo de uma grande brincadeira com vários camaradas - mais de 30 - que consiste em um Palpitão do Campeonato, sem valer dinheiro, nem nada, apenas pelo prazer de sacanear o outro, afirmando que entende mais de futebol. Geralmente, acerto ou quase acerto metade dos placares. Não precisava escrever, mas admito: erro a outra.

E nesta seqüência de partidas, acabei me dando bem ao prever que São Paulo e Palmeiras, mesmo jogando em seus estádios, não arrancariam mais do que arrancaram diante de Coritiba e Avaí, certamente, a maior surpresa desta competição. Qualquer desfecho na escolha do melhor treinador que não aponte Silas como o mais competente na disputa não será sério. Hoje, pelo que pude ver, o time catarinense tocou a bola com autoridade e perdeu muitas chances em contra-ataques, embora segundo me informaram, quando chegava de meu emprego, o Verdão também tivesse desperdiçado oportunidades. Acreditei que os desfalques pesariam para o líder e o vice-líder. Parece que especialmente Diego Souza fez falta.

Assim, as coisas talvez tenham começado a tomar um rumo mais claro após estes últimos confrontos. Palmeiras, São Paulo e o Internacional brigarão pelo título; a disputa mais acirrada será pela última vaga de classificação para a Libertadores da América 2010. Na parte de baixo da tabela, a tendência, pela qualidade mediana do elenco, é realmente de fuga da zona de rebaixamento por parte do Botafogo. O Sport Recife e o Fluminense estão condenados.

Neste cenário, não posso dizer que me entusiasmei pela estréia de Mário Sérgio Paiva como técnico. O Colorado até atingiu um nível razoável de atuação no primeiro tempo, muito por contar com um D´Alessandro de ânimo renovado, contra o Náutico. Na segunda etapa, talvez pelo nervosismo da pressão da torcida pela vitória, contou quase que somente com as deficiências do Timbu para assegurar o triunfo, com um golpe de misericórdia (numa jogada bonita como a do gol inicial da noite.....) nos últimos minutos. Não é admissível que perante aquela que é a equipe mais fraca deste Brasileirão, o Inter tenha levado o "sufoco" que levou, com os pernambucanos tomando a iniciativa, e tendo maior posse de bola. Com todo o respeito ao clube que apresentou o melhor time do nordeste nos anos 60, considero que o Fluminense, na "lanterna", é, sim, superior ao conjunto comandado por Geninho.

A opção de Mário Sérgio pelo 3-4-2-1, se for melhor trabalhada, até pode funcionar. Houve algumas artimanhas táticas interessantes. Fabiano Eller, por exemplo, ganhou certa liberdade para avançar pela esquerda, somando-se à ótima ala formada por Kléber e os dois argentinos. Guiñazu, aliás, melhorou sua movimentação em termos de uma melhor racionalidade, sem tanto desgaste. E como o "Vesgo" não teve ainda tempo para uma atividade de campo, quem sabe, o desempenho do Time não melhorará contra o Atlético-PR? Marcelo Cordeiro substituirá o ex-lateral da Seleção Brasileira, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o que deve assegurar a preservação desta dinâmica, de muito apoio pelos lados. O novo duelo perigoso, pelas ambições alvirubras, acontece no sábado.

O Furacão cresceu, e como um adversário "quase grande", merece todo o respeito. O Inter precisa contar com o apoio da torcida. Sou contra a vaia durante os embates. Já me manifestei e repito: cabe colocar em outro período o questionamento do modelo de gestão. Não agora quando o mais difícil campeonato de pontos corridos do mundo dá sinais de que sua decisão ainda vai demorar. O Colorado segue vivo na luta pelo título. Oxalá, o ex-ponta-esquerda de recuo me surpreenda como estrategista.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB