Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O desafio de "ler" a derrota no Gre-Nal e os prognósticos pra rodada

28 de ago de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país. A derrota do Internacional no clássico de domingo oferece o risco de duas leituras equivocadas: 1) Como o Time perdeu para o maior rival, a "terra deve ser arrasada", ninguém presta da meta ao ataque; 2) A derrota foi meramente circunstancial, decorrente de uma falha de Muriel, que saiu em falso, o Colorado criou mais oportunidades e merecia, no mínimo, o empate, mas a bola "teimou em não entrar". Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. As atuações dos goleiros constituíram, realmente, um diferencial, mas isso também foi um mérito do Grêmio. O tricolor, não obstante a saída prematura do autor do gol, Elano, contou com a tranqüilidade de uma equipe mais estabilizada, com boa dinâmica no meio-de-campo, mostrando aproximações e posse de bola. O Inter não conseguiu superar o bom posicionamento dos defensores tricolores, mas foram igualmente poucas as vezes em que a competente dupla ofensiva do tradicional adversário conseguiu chances para concluir. Apenas na metade final dos últimos 45 minutos, com o trabalho de Leandro no setor do lateral Nei, o Campeão de Tudo que interessa se viu um pouco mais ameaçado. O revés também não passou pela arbitragem. Houve um lance dentro da área envolvendo o braço do defensor gremista no primeiro tempo, mas Leandro Vuaden utilizou o mesmo critério quando ocorreu algo parecido com Nei, na segunda etapa. O volante Fernando cai de costas quando Forlán chuta logo ao início da última fase, e também, naquele episódio, não acontece, claramente, um movimento de mão que justifique assinalar o pênalti. Agora, Forlán e Leandro Damião bem que poderiam estar melhor concentrados. Se Dátolo não tinha realmente condições nem para a metade do duelo, tanto que sentiu nova lesão e não atuará nesta quarta-feira em Curitiba, não vejo a escolha de Kléber para o setor onde as coisas se decidem, com Fabrício do lado esquerdo, como totalmente equivocada. Os melhores momentos do Internacional ocorreram com esta montagem. Quando Fernandão começou a empilhar atacantes, o desespero já batia, e talvez a alteração óbvia no intervalo fosse colocar de volta o lateral onde melhor atua e o argentino na meia, no sacrifício. Faltou ao Colorado estar com todos à disposição, ter já um acúmulo que levasse a uma mecânica de jogo. A condição física herdada do staff trazido por Dorival Jr. definitivamente não é das melhores também. O título do Brasileirão ficou quase impossível. Resta a briga por uma vaga na Taça Libertadores da América 2013. Pelos desfalques, não acredito muito que o Inter retome a luta amanhã contra o Coxa Branca, ainda ameaçado de rebaixamento. - X - Ruim o meu desempenho, acertando somente três dos 10 prognósticos na rodada dos clássicos. Se bem que foram dois placares com exatidão, confirmando o escore de 2X1 como o mais comum no Campeonato Nacional, ou quase isso. Vamos aos palpites para a jornada que começa amanhã. Coritiba 0 X 0 Internacional. Fecho acordo pelo empate no Estádio Couto Pereira. Atlético-MG 2 X 0 Ponte Preta. O Galo só não derrotou a Raposa porque foi prejudicado pela arbitragem no tumultuado confronto em Belo Horizonte. Atlético-GO 3 X 2 Cruzeiro. O Dragão vai complicar a vida de Celso Juarez Roth. Fluminense 1 X 1 Corinthians. Uma partida com cheiro de equilíbrio total. Grêmio 0 X 1 Vasco. O tricolor dos pampas será surpreendido outra vez na casa dele. Santos 5 X 1 Bahia. Uma goleada com mais um show de Neymar. Náutico 2 X 0 Figueirense. O Timbu resistiu bravamente à pressão do rival no clássico pernambucano. Portuguesa 0 X 1 Palmeiras. O Verdão respirará um pouco. Flamengo 3 X 0 Sport. Um triunfo tranqüilo do "mais querido". São Paulo 2 X 2 Botafogo. O Fogão outra vez atrapalhará os planos do clube do Morumbi.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB