Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Corinthians vence a segunda no paulistão

24 de jan de 2010

O Timão entrou em campo na tarde deste domingo sem seus principais atacantes e mesmo assim conseguiu vencer pela segunda vez na competição.

O jogo começou com uma grande disposição das duas equipes e a equipe do Oeste tentava pressionar o timão através de bolas alçadas na área em lances de escanteio.
Mas a equipe da capital começou a tocar o bola e logo conseguiu o controle do jogo.

Aos 27 minutos de jogo, o todo poderoso abriu o placar com Paulo André aproveitando o chute errado de Bill que acabou indo à direção do zagueiro corinthiano que estava bem posicionado na área do Oeste e tocou para o fundo da rede.

Com o controle do jogo, o timão continuou trocando passes e em uma linda bola enfiada por Defederico, aos 35 minutos da primeira etapa, Boquita saiu na cara do gol e tocou a bola para as redes na saída do goleiro.

O timão ainda comemorava o gol quando um minuto mais tarde o Oeste conseguiu descontar com Ricardinho aproveitando cruzamento na área.

No intervalo da partida o técnico corinthiano sacou o atacante Bill, que nada de bom fez na partida e colocou Morais, tentado dar mais mobilidade ao ataque. Mas quem começou o segundo tempo buscando o gol foi a equipe do oeste, pressionando a equipe corinthiana, mas sem lances perigosos.

O Timão teve algumas chances de ampliar a partida com Defederico em jogadas individuais, mas não conseguiu vencer o goleiro Mauro.

O técnico Mano Menezes promoveu mais duas alterações tirando o lateral Balbuena para a entrada de Jucilei e também sacou o volante Edu e colocou o meia Tcheco.

Aos 45 minutos, o Corinthians quase chegou ao terceiro gol em uma das raras aparições de Roberto Carlos ao ataque, ele recebeu o bola na linha de fundo e cruzou na cabeça do centroavante Souza, mas Mauro fez uma ótima defesa e a bola ainda bateu na trave. O placar continuou o mesmo até o fim da partida.

O futebol apresentado não foi dos melhores, mas o importante é vencer sempre.



Ficha Técnica
Local: Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 24 de janeiro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Fabio de Jesus Volpato Mendes (SP)
Assistentes: João Bourgalber Nobre Chaves e Giuliano Neri Colisse (ambos de SP)

Cartões amarelos: Alê e Rivaldo (Oeste); Ralf (Corinthians)

Gols: OESTE: Ricardinho, aos 36 minutos do primeiro tempo; CORINTHIANS: Paulo André, aos 27, e Boquita, aos 35 minutos do primeiro tempo

OESTE: Mauro; Dionísio, Adriano, Rogério e Kléber; Fernandinho, Rivaldo, Alê (André Luís) e Bruno Campos (Mazinho); Ricardinho (Guto) e Ricardo Bueno
Técnico: Paulo Comelli

CORINTHIANS: Felipe; Balbuena (Jucilei), Chicão, Paulo André e Roberto Carlos; Ralf, Boquita, Edu (Tcheco) e Defederico; Bill (Morais) e Souza
Técnico: Mano Menezes

2 comentários:

elcoringon disse...

Mais uma vez o Coringão venceu mas ainda não convenceu!!!

Acho que é preciso um pouco mais de correria dessa galera!!!

Não sei se ele está adquirindo a forma fisica, mas o setor esquerdo do Coringão ta nulo. Roberto Carlos não subiu quase nenhuma vez ao ataque, está muito preso na defesa!! E outra coisa que observo e começa a preocupar são as jogadas por aquele setor, as vezes que o ataque adversário insistiu, chegou a passar com certa facilidade!!!

Olha, espero que o cara esteja adquirindo forma fisica, se não....

24 de janeiro de 2010 21:41
Márcio Fernandes Araújo disse...

É Coringão voce tem toda razão, venceu mas não convenceu.
Sem os dois motores principais Elias e Jorge Henrique o time perde muito em velocidade, eu também quero ver o R.C. atacando, porque quando ele aparece no ataque a equipe ganha mais uma poderosa arma, mas isso está sendo uma raridade nesses primeiros jogos, vamos esperar mais um pouco pra ver se é somente por causa do início da temporada.

24 de janeiro de 2010 23:09

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB