Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

São Paulo 1, 2, 3, 4, 5 x 0 Botafogo

5 de abr de 2010















Imagem:Site oficial do São Paulo: http://www.saopaulofc.net/

Desfalcado de Washington, suspenso pela expulsão no jogo contra o Corinthians, e Cicinho com contusão muscular, ocorrida no jogo contra o Monterrey no México, Ricardo Gomes mandou a campo Rogério Ceni, Jean, Alex Silva, Miranda e Junior Cesar; Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos e Jorge Wagner; Fernandinho e Dagoberto.
Tarde de chuva, domingo de Páscoa e apenas 8.774 tricolores compareceram ao Morumbi para prestigiar o Tricolor, deixando nas bilheterias a arrecadação de R$ 211.359,75 .
O São Paulo com um time bem leve tentou imprimir seu jogo com toques rápidos, porem o Botinha bem postado na defesa neutralizava bem as jogadas do Tricolor, ainda contribuiam para a mau rendimento a falta de entrosamento dos São paulinos. Mas apesar de tudo aos treze minutos Dagol invadiu a àrea e foi derrubado por Walter. Penalti. Rogério Ceni na batida, paradinha, e chutou muito mal, defesa de Weverton.
O lance afetou o time que ficou um pouco abalado, não sendo suficiente, entretanto, para o crescimento do Botafogo que não conseguiu levar perigo à meta Tricolor. Se recompondo da bobeada o São Paulo criou duas boas chances com Hernanes.
Aos 45 minutos o primeiro gol: Miranda se antecipa no meio de campo na saída do Botafogo, avança como um atacante e dá um passe açucardo para Marlos que num toque de categoria encobre o goleiro quando este abandonou a meta. Um a zero Tricolor e fim do primeiro tempo.
Quem acostumado às ultimas apresentações do SPFC esperava um futebol de toques, recuo do time tentando segurar o magro placar surpreendeu-se: o time voltou ligadíssimo as tabelas melhoraram e criaram-se várias chances até que aos quatorze minutos um belo gol, tabela Dagol-Marlos, passe para Hernanes e bola no fundo do gol Botafoguense, São Paulo dois a zero !
O time continuou atacando não dando chance do Bota respirar. Aos vinte e dois, escanteio pela esquerda, cobrança de Jorge Wagner e Rodrigo Souto surge na àrea para marcar mais um: três a zero.
E não parou por aí, mais dois minutos e Dagol rola a bola para a entrada de Junior Cesar que chuta forte em diagonal, balançando a rede Ribeirãopretana, Quatro a zero, primeiro gol de Junior Cesar com a camisa do Tricolor mais querido do Mundo.
Tinha tempo para mais um, o mais bonito por sinal, Fernandinho toca para Jorge Wagner, este rola a bola na entrada da àrea para a entrada de Hernanes que acerta um "pombo sem asa" para delírio da torcida, cinco a zero, e a torcida voltou rouca para casa de tanto gritar gol.
Excelente atuação do time, que devia há tempos uma boa apresentação, destaques para Alex, Miranda, Rodrigo Souto, que ganha espaço no time, Hernanes, brilhante atuação, Jorge Wagner e Marlos, que desta vez não foi o fominha de sempre servindo bem aos seus companheiros. Os demais com boa atuação tambem. Rogério perdeu penalti ? Tem crédito para perder muitos mais.
Paulo Cesar de Oliveira no apito não esteve tão bem deixando de marcar duas penalidades máximas que para a sorte de Tricolor não fizeram falta.
Quarta feira próxima pegamos o Santo André e a vitória é fundamental para não dependermos de outros resultados. O Santo André manda o jogo em Piracicaba (???), mais de duzentos quilometros de São Paulo, ou seja, campo neutro.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB