Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

NOVIDADES E SURPRESAS NO GALO

14 de jan de 2010


Parece que a espera por um grande nome pode ter fim essa semana para a torcida do Galo: Cáceres pode voltar a jogar pelo Atlético. Isso mesmo! A torcida que sonha com a volta do xerife desde 2005 pode ter a grata surpresa de ver o jogador sob o comando de Luxemburgo. Um jornal Paraguaio deu como quase certa a vinda do zagueiro, que descartou a possibilidade de defender a LDU do Equador para voltar ao Galo. Vamos torcer para que seja verdade e não mais uma especulação.
Outra novidade que parece agradar a maioria dos Atleticanos foi a reintegração de Marcelo Nicácio ao grupo do Galo. Eu mesmo já havia questionado a dispensa do atacante em meu primeiro post, e acho que foi uma decisão muito feliz da comissão técnica. "Mais vale um Nicácio que foi artilheiro em 2009 que um Rentería que em 16 jogos marcou um gol e ainda dançou aquela dancinha ridícula". Só espero que Nicácio venha com fome de gols e mostre que é mais que um artilheiro de segunda divisão... que lute por um lugar ao sol no time titular do Luxa.
Surpresa (pra mim a melhor da semana) aconteceu com o time júnior do Atlético. O efeito Luxemburgo parece que sobrecarregou os meninos do Galinho, que tentaram mostrar bonito e acabaram esbarrando no excesso de preciosismo (e também nas falhas do fraco goleiro), o que custou a eliminação precoce da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Bastava assistir Wendell jogar para justificar minha afirmação. Nenhuma jogada do garoto era simples, e, cá pra nós, a mídia em cima do jovem jogador parece que lhe subiu à cabeça e o status de "bambambam" do time era perceptível no jeito de jogar, poses para entrevistas e comportamento de Wendell. Outro muito cogitado para subir( e esse eu apoiava) era o zagueiro Sidmar. Fez boas partidas, gol, e era muito seguro. Mas no final das contas, nem um nem outro... o chamado por Luxa foi Giovanni, armador, que incorporou o "bom mineiro" e comeu quieto. Nem sempre o "top da mídia" é o que realmente agrada, não é mesmo?!?
Sorte para Nicácio, Giovanni e todo o time profissional do Galo. Sorte para nós, massa apaixonada e que não abandona o amor ao Galo nunca. Galinho, novas competições virão, e com os pés no chão, vamos conquistar!
Força, garra, união, paz, Jesus no coração, rock na veia, saúde demais e Galo, meu Galo sempre!


Wagner Diniz.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB