Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A INCONSTÂNCIA AMEDRONTA!

12 de abr de 2010



Até o presente momento o Galo vai garantindo sua vaga na grande final do Mineiro contra Cruzeiro ou Ipatinga. Reverter a vantagem do Democrata com uma vitória no último sábado foi para o time de Luxa um primeiro passo em busca da disputa final pelo título de Minas.

O Atlético foi um time rápido e objetivo no primeiro tempo, etapa na qual foi construído o placar alvinegro(Tardelli e Renan Oliveira) e onde vimos o time deixar de sacramentar a vitória perdendo gols inacreditáveis(Muriqui que o diga!). Nada fora do normal em se tratando de Clube Atlético Mineiro, mas a outra parte que também tem sido bem normal começava a me amedrontar, e como em todos os jogos do time, mexer com os ânimos da massa: A IRREGULARIDADE DO TIME QUANDO COMEÇA GANHANDO. É isso mesmo... todo jogo a escrita é a mesma: O Galo faz 1, 2, pede duas ou três inacreditáveis chances de ampliar seu placar e depois passa a sofrer um segundo tempo de muita pressão do adversário(totalmente desnecessária), o que termina em placar apertado(2x1 Democrata) ou empate(quartas de final contra o América).

Ver essa escrita se tornando regra em todos os jogos me deixa preocupado e refletindo sobre como um time consegue ter comportamentos tão distintos em campo. Se Luxemburgo não consertar isso e a bola continuar a chegar tantas vezes ao gol do frágil Aranha, o título mineiro vai ser tornar um sonho bem distante. Alguns jogadores afirmam que a forte sequência de jogos tem sido desgastante, mas eu acredito que não seja nada que o "pouquíssimo" salário que recebem e uma equipe reserva bem preparada não justifiquem.

Foi bom ver o Galo do primeiro tempo, ruim ver o time do segundo tempo, apavorante ver que os times adversários já sabem que Aranha deve ter tido aulas com o "inesquecível" goleiro Édson e os chutes de longe têm se tornado constantes... e foi realmente maravlhoso ver a massa festejar os gols de Tardelli e Renanzinho. Levamos de saldo positivo a inversão da vantagem, mas sinceramente, essa INCONSTÂNCIA teimosa do time do Galo amedronta!

Força, garra, união, paz, Jesus no coração, rock na veia, saúde demais e Galo, meu Galo sempre!


Wagner Diniz.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB