Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O Internacional repensará o meio-de-campo?

11 de abr de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país. O Internacional, mesmo com um significativo número de reservas, confirmou sem sustos o primeiro lugar na classificação geral do returno do Gauchão. Fez 3X0 no São Luiz, que até criou chances, mas não suportou a diferença de qualidade técnica, ainda que a partida acontecesse em Ijuí. Como o Grêmio, organizado por Vanderlei "Luxa", também melhorou, e deve rumar igualmente sem surpresas para a próxima fase da Copa do Brasil, ficando bem longe de uma crise, a decisão da Taça Farroupilha em um Gre-Nal virou "Pule de 10". E quem passar tende a superar o Caxias, que incrivelmente decidiu mudar o treinador, o qual assegurou na decisão, com muitos méritos, a equipe grená. O Colorado, entretanto, prioriza a Copa Libertadores da América, como não poderia ser diferente. O rendimento do volante Sandro Silva sugere que Dorival Jr. repense o meio-de-campo, algo inusitado porque a melhora do ex-palmeirense na comparação com o que mostrou no clássico perdido para o maior rival no Beira-Rio foi notável. É de se presumir que o jogador, com muita força na marcação, mas também com boa participação depois da retomada da bola, constitua dupla harmoniosa com Guiñazu, tão logo o "Cholo" se recupere. Dátolo (ou Oscar, se o imbroglio com o São Paulo se resolver antes do que se espera, com um efeito suspensivo da decisão que beneficiou o tricolor do Morumbi) e D´Alessandro completariam o setor, deixando-o com três canhotos, que garantiriam mobilidade intensa, chegada na frente para conclusões e assistências para Dagoberto e Leandro Damião. Tudo isso, obviamente, em tese. Porque Paulo Tinga não parece sustentar condições físicas que lhe permitam participar de dois embates consecutivos, e Mário Bolatti já entra nas cogitações para a reserva da zaga. Aliás, aí reside um equívoco. O argentino apresenta lentidão que não o recomenda para fazer parceria com Índio ou Rodrigo Moledo. O Inter necessita de um novo defensor. Fernando Lúcio da Costa está sendo bem pago, inclusive, para encontrar alguém de alto nível no mercado, superando dificuldades. Quem deseja, efetivamente, o terceiro título da maior competição do continente não aceita tal conformismo. Acomodando-se com a ideia de que "não há um atleta disponível melhor do que os nossos", o Clube verá Fluminense, Corinthians e Santos, especialmente o Peixe, avançarem com mais competitividade no torneio. Vale lembrar que, acontecendo uma combinação lógica de resultados, o Internacional obterá, no máximo, o lugar de melhor segundo colocado das chaves, configurando-se um cenário no qual os duelos derradeiros nas fases mata-mata ocorrerão fora de Porto Alegre. Outros times trabalham em padrão superior ao que o Campeão de Tudo vem exibindo. O Nacional da Colômbia, que ainda não havia visto, ontem goleou novamente o Peñarol, com jogadas ensaiadas e contra-ataques rápidos. A imposição física e as aproximações, com tabelas curtas, características da escola de futebol daquele país, também apareceram. Os argentinos Boca Jrs. (independentemente do que ocorrer logo mais contra o Flu) e Vélez Sarsfield crescerão nas próximas etapas, e a Universidad do Chile, de ótimo desempenho na Copa Sul-Americana, corre por fora. Se o staff do Beira-Rio aproveitar esta semana, sem jogos ate o duelo de sábado contra o Cerâmica, para todas estas projeções, a torcida acalentará esperanças.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB