Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O fracasso colorado na Vila Belmiro

9 de mar de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

O fracasso do Internacional na Vila Belmiro, quando levou 3X1 e merecia ter sido goleado, se explica por vários motivos. Na análise dos fatos, o staff colorado precisa ser realista, para que o Inter ainda possa reagir na Copa Libertadores da América. De início, rápida menção da arbitragem, que não foi decisiva para o resultado do grande duelo, mas atuou mal. Evandro Roman provavelmente não assinalaria o pênalti que enxergou no primeiro tempo se a jogada ocorresse na área do Santos. Não falo em desonestidade, mas na tradicional influência do fator local, o qual afeta a atividade de alguns juízes. Além disso, sonegou alguns cartões para atletas do Peixe, deixando de apitar faltas. Bem, mas vamos aos motivos do revés do Campeão de Tudo que interessa.

1) O conjunto praiano é superior. Henrique e Arouca, marcadores e articuladores, são melhores do que qualquer dupla de volantes que o Internacional possa escalar, no momento. Ibson e Paulo Ganso complementam um meio-de-campo de alta qualidade, enquanto D´Alessandro se mostra um bom jogador irregular e Oscar ainda não está pronto. Neymar dispensa comentários. Fez dois golaços de Pelé, essencialmente, por méritos próprios. Só um zagueiro excepcional evitaria os tentos que marcou, na segunda etapa. Leandro Damião, apesar do isolamento a que fica submetido em alguns jogos, consegue aparecer no placar, mas não joga muito mais do que Borges.

2) A estratégia de Dorival Jr. foi anunciada, o que Muricy Ramalho deve ter adorado, e....se revelou equivocada. Admitamos que o técnico quisesse usar um terceiro volante. Como cogitei aqui, não seria de se esperar que houvesse marcação individual sobre Ganso ou o grande atacante, autor de três gols? Pois o treinador optou por um esquema 4-5-1 convencional, que configurou o pior dos mundos para o Inter: não resolveu o problema da contenção defensiva, permitindo tabelas, triangulações e imposição física do Santos, e ao mesmo tempo retirou o poder de fogo do Colorado!

3) Com todo o tempo para trabalhar, aliás, o Internacional não conseguiu sair jogando decentemente quase nenhuma vez. Muriel passou a dar balões nos 90 minutos. E se Dorival Jr. aceitou sugestão dos dirigentes após a derrota no Gre-Nal, de "fechar mais o Time" (e atrasos para treinamentos de Dagoberto e Paulo Tinga não teriam influído na decisão, ao contrário do que se especulou), convenhamos que não merece se situar entre os 30 profissionais do ramo mais bem pagos do mundo, segundo informação recentemente revelada.

O Inter tem deficiências sérias, ao contrário do que apregoa o discurso da direção. Faltam um lateral direito de melhor qualidade, um grande defensor e um centromédio, um primeiro volante mais típico, para que o conjunto adquira equilíbrio. A mobilização deve ser total para que a equipe alcance 10 dos 12 pontos que faltam. Assim, ainda poderá ficar entre os quatro primeiros na classificação geral da fase de grupos. No entanto, para vencer o Peixe no Beira-Rio (na data de aniversário!), o Colorado necessita de uma melhora quase inimaginável.

- X -

Acertei quase em cheio o placar. Queria ter me enganado. Quanto à partida contra o Santa Cruz pelo Gauchão, colocar reservas, com alguns integrantes do time sub-23 está de bom tamanho.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB