Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A goleada e cuidados contra a altitude

16 de mar de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

O Internacional goleou sem se esforçar muito o The Strongest, da Bolívia. Tanto assim que, após fazer dois gols bem cedo na partida, passou a tocar a bola pra lá, pra cá e pra trás, até irritando a torcida presente no Beira-Rio. Criou, além das jogadas dos tentos, não mais do que três oportunidades. Foi o suficiente para alcançar o melhor saldo e a liderança na Chave 1 da Copa Libertadores 2012.

Paulo Tinga e Guiñazu, de volantes, deram boa dinâmica ao meio-de-campo, mas é necessário considerar a fraqueza do adversário, comparável à boa parte das equipes que disputam o Gauchão. Como venceu o Santos nas alturas (que ontem, fora de casa, virou com naturalidade contra o Juan Aurich, deixando o conjunto peruano praticamente fora da briga), ficou comprovado que o maior "craque" do conjunto só pode ser a altitude. Contra oponentes mais qualificados, ainda vejo o sistema defensivo colorado frágil, sem uma zaga mais qualificada e um centromédio de ofício, com maior poder de marcação.

O Peixe e o Inter vão se classificar no grupo. Resta saber quais as colocações. Espera-se que o imbroglio com a Andrade Gutierrez acabe logo, ficando viáveis as reformas no Gigante, de modo que o foco se volte inteiramente para o torneio continental. Com Oscar se movimentando inteligentemente, Dagoberto crescendo e Leandro Damião retomando média sólida de gols, alguma esperança de boa campanha se torna possível, na hipótese de reforços chegarem a partir das oitavas de final. Dátolo, aliás, demonstrou que pode dar melhor contribuição para o Time do que o próprio D´Alessandro!

- X -

Os médicos do Internacional entenderam que o melhor para enfrentar a altitude da terra de Evo Morales é chegar poucas horas antes da partida contra o Strongest lá, de modo que o fator não produza efeitos durante a primeira hora do embate. Tomara que dê certo. O Juventude tomou estes cuidados, na única Taça Libertadores que disputou, e foi goleado naquelas bandas, dando depois o troco em Caxias do Sul. Por falar no Ju, amanhã haverá mistão contra ele em Porto Alegre. Dorival Jr. age corretamente, pois o Gauchão tem que se situar em plano secundário.

O que aconteceu ontem entre Flamengo e Olímpia (um duelo parecidíssimo com Internacional X Santos no Returno do Brasileirão 2011, inclusive, por um gol mal anulado aparentemente e um lance duvidoso de pênalti que beneficiariam a equipe que chegou aos 3X0) no Engenhão mostra que não se deve subestimar nenhum adversário na competição de maior importância das Américas.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB