Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O Ranking por títulos desde 1948

10 de jan de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Lembro rapidamente as pontuações definidas para os títulos em textos anteriores.

30 Pontos - Copa Libertadores da América./ Mundial/ Intercontinental com duas vitórias, sem pênaltis.

27 Pontos - Mundial/Intercontinental com um jogo isolado, e vitória sem precisar das penalidades (Desde 2005, este nível ficou obviamente "extinto").

25 Pontos - Copa Mundial de Clubes com uma vitória em tempo normal ou prorrogação e um triunfo nos pênaltis.

22 Pontos - O Título do Torneio Mundial de 2000 (Fundamento matemático: o aproveitamento do Campeão Corinthians, com duas vitórias, um empate e um triunfo nos pênaltis, na final).

16 Pontos - Torneio Sul-Americano de 1948 (O que o Vasco realmente conquistou, pelos critérios atuais. Observe-se que a diferença em relação à Taça Libertadores é inferior ao que resultava do ranking antigo da Conmebol....)./ Campeonato Nacional desde 1968./ Copa João Havelange (2.000).

15 Pontos - Robertão de 1967.

12 Pontos - Torneio dos Campeões Intercontinentais/ Mundiais + Recopa Intercontinental de 1968-69./ Copa Rio./

10 Pontos - Competições Continentais Secundárias.

6 Pontos - Torneios Nacionais.

5 Pontos - Copa Sul-Minas./ Torneio Rio-São Paulo e competições equivalentes, em quantidades de adversários fortes participantes./

4 Pontos - Copa Nordeste (Até 2002..... voltará a ser computada nesta temporada)./ Copa Sul./ Seletiva de 1999 para a Copa Libertadores da América 2000.

3 Pontos - Tricampeonato nas competições interestaduais das regiões centro-oeste e norte.

2 Pontos - Embrião da Copa Nordeste (1966)./ Copa Ouro./ Copa Master Conmebol./ Recopa./

Eis como fica a Classificação Histórica.

1. São Paulo - 391 Pontos

2. Santos - 276 Pontos

3. Palmeiras - 191 Pontos

4. Flamengo - 188 Pontos (Único que não tem a pontuação alterada entre os 12 maiores, e, ainda assim, sobe para o quarto lugar.)

5. Internacional - 163 Pontos

6. Grêmio - 149 Pontos

7. Cruzeiro - 144 Pontos

8. Corinthians - 140 Pontos

9. Vasco da Gama - 136 Pontos

10. Fluminense - 76 Pontos

11. Botafogo-RJ - 47 Pontos

12. Atlético-MG - 36 Pontos

13. Bahia - 30 Pontos

14. Atlético-PR - 20 Pontos

15. Guarani - 16 Pontos (Aproveitamento superior ao do Coritiba campeão nacional em 1985.)

16. Coritiba - 16 Pontos

17. Sport Recife - 14 Pontos

18. Portuguesa-SP - 10 Pontos

19. Vitória-BA - 8 Pontos

20. Criciúma - 6 Pontos

As demais posições em relação ao ranking que inclui conquistas e grandes campanhas não se alteram, até o último colocado, no trigésimo lugar, o Náutico, com dois pontos, pelo torneio dos campeões do Nordeste, valorizado porque em 1966 o Bahia já tinha um título nacional.

Se fôssemos comparar com os países, a classificação histórica da postagem anterior poderia ser avaliada como o PIB acumulado. Quando se fala de títulos, talvez fosse pertinente pensar no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), aquilo que realmente importa para as sociedades, no caso, as torcidas.

- X -

Agradeço aos dois leitores que fizeram comentários sobre o primeiro artigo que escrevi acerca desta questão. Para André Bastos, especialmente, gostaria de esclarecer que considero a Taça Brasil restrita porque somente permitia a participação dos campeões estaduais. Isso limitava a presença de clubes fortes. O Internacional, por exemplo, disputou apenas uma edição. Corinthians e São Paulo nenhuma. Será que se houvesse abertura, por exemplo, para os vices dos regionais, (como na sua legítima sucessora, a copa de mesmo nome, disputada a partir de 1989!) o Fortaleza, com todo o respeito ao tricolor cearense, chegaria duas vezes à decisão?

Enfim, asseguro que não há nenhuma pretensão de defender esta análise como portadora da verdade absoluta. Ela simplesmente expressa uma visão sobre 74 anos de conquistas do nosso futebol.

1 comentários:

Í.ta** disse...

interessante levantamento.

tenho me afastado do futebol, coisas da vida :) até escrevi sobre isso.

abraços.

23 de janeiro de 2012 23:06

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB