Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A derrota "criminosa" e o próximo domingo

29 de nov de 2011

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

A derrota do Internacional para o Mengão, no domingo, constituiu um verdadeiro "crime". Equilibrado no esquema 4-4-2, o Colorado criou mais oportunidades, desde o primeiro tempo. Então, nos acréscimos, houve a terrível falha de Rodrigo Moledo, aproveitada por Ronaldinho, que até aquele momento pouco rendia como centroavante. Meu vizinho João Paulo confirmou hoje em rápida conversa aquilo que um dos jornais de Porto Alegre já havia destacado: o jovem zagueiro estava arrasado no vestiário pós-jogo. O defensor precisa se encher de brios e buscar reabilitação no Gre-Nal. Até porque não estava mal, não obstante algum excesso de confiança. Até Elias Figueroa, o melhor zagueiro que passou pelo Inter e talvez pelo Rio Grande do Sul, "entregou" gols.

Na segunda etapa, as chances continuaram se sucedendo. O Flamengo também ameaçou em contra-ataques ou em escanteios deles decorrentes. Impossível deixar de citar as falhas grotescas do árbitro Evandro Roman. O pênalti em Leandro Damião deveria ser assinalado, por um raciocínio rápido e claro: o atleta rubro-negro dá um carrinho temerário dentro da área, não alcança a bola e impede a progressão normal do centroavante colorado. Foi impressionante também a não marcação de uma falta - no mínimo para cartão amarelo - em D´Alessandro na linha de fundo. A infração violenta rendeu a justa reclamação de Dorival Jr., que acabou expulso pelo atrapalhado juiz, o qual já havia causado problemas aos dois lados com maus posicionamentos nos 45 minutos iniciais.

Aqui, uma observação: considero que as arbitragens erram por deficiência técnica, sem qualquer má intenção, até prova em contrário. Há erros a favor e contra todos. E acho um exagero inclusive determinar uma suposta "classificação real" no campeonato, com juízes e auxiliares hipoteticamente perfeitos. O problema maior é que se altera todo o rumo da partida com erros como os citados acima. Agora, pênaltis podem ser desperdiçados, e um gol sofrido, comumente, torna uma equipe mais agressiva, conduzindo-a para um patamar melhor de atuação e conseqüentemente um resultado não adverso. Os leitores recordarão que quanto aos episódios de 2005 não lamento as decisões de Márcio Resende de Freitas naquele sempre lembrado empate entre Corinthians e Internacional, mas a lambança que fez o STJD, devido a um apitador assumidamente desonesto, naquela temporada.

- X -

O Internacional precisa vencer o clássico. Logo, o treinador age de forma correta ao manter a tática com dois atacantes, preservando os atuais titulares do meio para a frente. Felizmente, ninguém levou o terceiro cartão amarelo. Aliás, a quantidade enorme de "pendurados" por certo pesou para que o Time aceitasse quase passivamente os enganos do árbitro, em Macaé. A suspensão de Bolívar - bastante discutível, mas não entrarei no mérito, nesta postagem - abre caminho para Índio, carismático no que se refere a grenais, assumir a titularidade ao lado de Moledo. D´Alessandro acusou leve problema muscular no primeiro trabalho da semana. Entretanto, há tempo para recuperação. O Colorado deve focar no tradicional adversário, em fase de mudança de técnico segundo informações desta terça-feira, e saber depois da combinação de resultados em relação às duas vagas da Copa Libertadores da América.

Fui muito mal nos prognósticos. Acertei tão somente a vitória do Coritiba contra o Avaí! E olhem que ela não se deu por goleada......bem, pelo menos antes, não para o Campeonato Brasileiro - há registro no "Chute Certo" da Sportv - previ o empate do Vasco com o bom conjunto da Universidad do Chile e a vitória da LDU, na Sul-Americana. Portanto, 3 palpites bons em 12 duelos importantes deste período recente. Daqui a pouco, o Vélez Sarsfield devolve os 2X0 para os equatorianos e leva a vaga pras finais nos pênaltis. Amanhã, o clube presidido por Roberto Dinamite não escapará da eliminação no Chile. 2X1 para "La U".

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB