Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Falcão precisa mudar defesa e talvez esquema

14 de jun de 2011

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Pois não é que só acertei dois resultados da rodada, que acabou tendo, incrivelmente, seis empates? O Brasileirão confirma ser, de fato, o campeonato mais imprevisível do mundo! Pelo menos, os dois escores foram previstos com exatidão: o empate do Bahia com o Atlético-MG, (marcado por erros de arbitragem) e a vitória clássica do Botafogo contra o Coritiba, no Rio de Janeiro.

Da partida do Internacional contra o Palmeiras pouco resta a dizer. Um jogo de dois times de esquema semelhante, com duas linhas de quatro cuidando da marcação, criatividade contida, se refletindo em poucas chances. O Colorado tem mais jogadores de habilidade, técnicos, o "Verdão" é muito mais perigoso nas bolas paradas. Marcos Assunção, aliás, confere muita qualidade ao meio-de-campo. A virada que fez para Luan, no lance do segundo gol da equipe paulista, foi primorosa.

No Inter, mais uma vez, a defesa, ainda que Falcão, compreensivelmente, não admita, deu provas de que não está correspondendo. A começar pelo goleiro. Dói falar de Renan, um atleta "prata da casa", que perdeu recentemente os pais de maneira trágica, mas desde 2010 ele decepciona. Se Nei está no sacrifício, por que deixá-lo comprometendo? Será que nenhum dos zagueiros do elenco se impõe na bola alta?

Em resumo, o Bola-Bola se encontra diante de mais uma encruzilhada. Vencer o Coxa Branca, no Paraná, significará recuperar os pontos perdidos contra o Ceará, no Beira-Rio. Dará maior tranqüilidade e abrirá a perspectiva de um caminho mais fácil para o primeiro triunfo no Gigante, posteriormente, contra o Figueirense. O Ex-Craque deve pensar em variadas alternativas. Inclusive na colocação de Glaydson, para contar com um centromédio, um primeiro volante de ofício, visando a melhorar o sistema defensivo. Penso que, necessitando escolher um dos dois, Guiñazu assegura uma dinâmica um pouco melhor do que Paulo Tinga, na atualidade. Quem sabe, um 3-4-3, com o grande jogador do período 2005-06 como ala?

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB