Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A vitória importante e a perspectiva colorada

19 de mar de 2011

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Está certo: a vitória colorada foi fácil, pela fraqueza do adversário, que deve ser inferior, por exemplo, ao Caxias da temporada. O time da serra enfrentou de igual para igual a dupla de Porto Alegre, e a sensação vendo o Jorge Wilsterman (hoje na segunda divisão da Bolívia.....) era de que ele jamais conseguiria isso. Entretanto, trata-se da primeira goleada do Internacional fora de casa pela Copa Libertadores da América. Já há, aí, algum valor histórico.

O Colorado em alguns momentos mostrou excelente toque de bola, administrando a altitude, com aproximação dos meio-campistas e avanço produtivo dos laterais, Zé Roberto exercendo com acerto (embora pudesse mostrar um pouco menos de "fome de gol" em algumas chances criadas pelo Time....) a função tática de se agregar ao setor onde as coisas se decidem, sem deixar de ser um companheiro para Leandro Damião. O centroavante, aliás, outra vez decisivo pelo gol da virada e a jogada do terceiro tento.

O esquema 4-2-3-1, com Oscar, está aprovado. E agora? Quem Celso Juarez Roth retira da equipe, quando D´Alessandro reunir totais condições? A nova lesão de Paulo Tinga talvez facilite a escolha. Entretanto, não constitui decisão fácil deixar o camisa 7 ou o "novo Kaká" de fora, para que o argentino retorne. Um 4-5-1 sem o atleta trazido do Vasco da Gama - onde Alecsandro, finalmente com os direitos negociados, deve se dar bem - é uma possibilidade, porque a torcida vai pressionar, ou por esta soma de valores, ou pelo ingresso de Rafael Sóbis.

A zaga segue sendo uma preocupação. Uma incógnita a dupla que dará menos dores de cabeça. Bolívar e Rodrigo? Sorondo e Bolívar? Que os jogos pelo Gauchão como este contra o Novo Hamburgo no sábado, não obstante a limitação dos oponentes em geral, forneça mais subsídios. A tendência predominante sugere confrontos difíceis para o Internacional já nas oitavas de final desta edição da Taça Libertadores. Em um torneio continental cheio de surpresas, como não ficar receoso diante de um Argentinos Juniors (que já foi campeão, inclusive....) ou um conjunto chileno como a Universidad Catolica?

O Inter tem grande probabilidade de alcançar o primeiro lugar na classificação geral, na hipótese de vencer as três partidas restantes desta fase de grupos. O Cruzeiro continua mostrando um poder de fogo espetacular, mas não creio que derrote o Estudiantes na Argentina na última rodada, o que incrivelmente pode deixar a agremiação de Minas Gerais tão somente na quarta colocação. De qualquer modo, ninguém deixa de imaginar um embate entre os dois grandes brasileiros nas semifinais, em mais de uma projeção, após um acúmulo razoável de resultados.

Em tempo: o movimento Convergência Colorada conseguiu triunfo importante no Conselho Alvirubro, ao adiar a votação sobre as opções de viabilização das obras do Beira-Rio para a próxima segunda-feira. Começa a crescer a expectativa de que a empreiteira candidata à parceria melhore substancialmente a proposta, ou, ao menos, atenue aspectos que preocupam demais os fãs do Clube do Povo do Rio Grande.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB