Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Sorria comigo, Argentina!

22 de set de 2010



Por Matheus Nerys:

O Cruzeiro foi a campo com quase o mesmo time que jogou contra o Botafogo, com exceção de Jonathan, que sentiu um desconforto muscular. O jogo foi em casa, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, às 19h30min.

Entrou em campo: Fábio, Rômulo, Edcarlos, Léo, Diego Renan, Henrique, Fabrício, Roger, Montillo, Thiago Ribeiro e Farías.

O time celeste começou o jogo num ritmo nada além do esperado para quem esta jogando com a casa cheia. Logo ao primeiro minuto, um belo passe de Montillo deixou Rômulo em ótima condição e o zagueiro Hernandes do ceará cortou para escanteio. Aos 6 minutos, o time alvinegro do nordeste teve uma falta marcada pelo bandeirinha (com o nome impronunciável) e Léo tirou milagrosamente.
Como não há um bom acesso a entrada para o estádio, até os 8 minutos de partida ainda tinha torcedor chegando às arquibancadas.

Aos 9 minutos, Roger chutou de fora da área tentando fazer um belo gol, mas o goleiro estava atento, o que gerou um contra ataque em que Wellington, atacante adversário, teve duas oportunidades de fazer um gol no Fabio. O muralha azul mais uma vez deu segurança pra ala defensiva e defendeu espetacularmente.

Aos 20 minutos, Farías foi derrubado perto da linha da grande área, o que resultou em um cartão amarelo para o zagueiro cearense. Uma boa chance para o Cruzeiro marcar um belo gol. Mas, Montillo bateu no ângulo esquerdo do goleiro e a bola foi subindo, subindo e não ofereceu perigo ao gol do Ceará.

Aos 33, o Henrique fez uma falta no time cearense, recebeu cartão amarelo e está suspenso pro próximo jogo contra o “Neymar FC”, na arena Barueri.

Ao fim do primeiro tempo já dava pra perceber o porquê do time nordestino ter a melhor defesa do campeonato, o time simplesmente se fechou lá atrás e esperava o erro do Cruzeiro.

No intervalo saiu Roger e entrou Everton. O segundo tempo começou e o jogo não tinha demonstrado nenhum acontecimento que seria diferente do primeiro. O que realmente aconteceu foi a contusão do zagueiro Leo que saiu para a entrada de Gil.

Aos 26 minutos, uma movimentação do Cruzeiro , mas não era a movimentação em campo que a torcida desejava, era apenas a movimentação no banco para substituição em que saia o apagado Rômulo e entrava o atacante Wallyson, que não vinha entrando muito bem pelo time estrelado. Fazendo assim uma mudança tática , desafoga o lado direito do Cruzeiro jogando o TR para a esquerda e fazendo do Wallyson não um lateral, mas um meio campo caindo pelo lado direito avançando e recuando, mordendo os atacantes do Ceará que tentassem jogar por aquele setor do campo.

Apartir dos 34 minutos, o jogo começou a ficar corrido, com uma injeção de animo vindo da nação celeste que estava na arquibancada. Aos 36 minutos, PENALTIIIII PRO CRUZEIRO! O zagueiro do Ceará, numa atitude desesperada, inspirado no Suarez da seleção do Uruguai, meteu a mão na pelota fazendo assim com que o árbitro marcasse a penalidade maior do futebol.

Foi a bola o inenarrável MONTILLO que chutou, queimando a grama de tão rápido, no canto direito do goleiro, e este foi para o canto esquerdo, coitado nem aparecer na foto do jornal.

Aos 41, o time adversário tentou atacar, mas não deu em absolutamente nada, pois foi marcado impedimento no gol dos nordestinos.

Aos 45 minutos, o Ceará tentou ataca na base da pressão, mas perdeu a bola no campo de ataque e o Cruzeiro fez um contra ataque maravilhoso com Wallyson (que entrou com o toque mágico do treinador Cuca) que passou para Farías apenas empurrar para o fundo do GOL! Dom Farías, El Tanque Azul enlouqueceu a nação azul.

O Cruzeiro não jogou bem o primeiro tempo dando até sono. Roger junto ao Rômulo foram os que menos contribuíram para o jogo, sendo que Roger foi substituído por não obedecer as ordem táticas e Rômulo substituído por não estar bem (sábio foi o CUCA que teve o olho de perceber que Rômulo não estava apresentando um bom futebol nessa noite de lua cheia em Sete Lagoas ). Mas quando o Cruzeiro fizer o DVD de campeão brasileiro de 2010, ninguém vai lembrar que foi um jogo chato, apenas que o ídolo Montillo fez mais um gol e que levamos mais 3 pontos pra casa.

Mais uma coisa que deve ser levada em conta, o time celeste teve 12 escanteios. Montillo cruzava na área, mas nenhum jogador conseguia ou chegar na bola ou concluir de maneira efetiva para o gol. A torcida do Cruzeiro aguarda a volta do nosso “presidente Obama Silva” para que ajude Montillo a dar assistências de bola parada.

Ps: CUCA VOCE É O CARA
Ps2: MONTILLO VOCE É O CARA
Ps3 : FUERZA SANTINO

Atenção Corinthians, o Cruzeiro está mais rápido que você, confirme que você entendeu a mensagem...

1 comentários:

Í.ta** disse...

a fase é ótima. o elenco, muito bom. torço, torço muito para que o zeiro não tropece na reta final, como nos últimos anos.

23 de setembro de 2010 00:58

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB