Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O empate e o grande clássico da década

14 de set de 2010

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

O empate do Colorado com o Goiás, atual último colocado da competição, só comprova que o Brasileirão é o campeonato mais difícil do mundo. O treinador Celso Juarez Roth fez o que tinha que fazer: testou um 4-2-3-1 com Paulo César Tinga, D´Alessandro e Guiliano. Quais os fatores que levaram ao fracasso, e que não significam que a escalação não possa ser testada mais vezes, inclusive, no Morumbi contra o São Paulo?

1) O Time teve posse de bola, mas faltou velocidade. Guiliano se movimenta de modo um pouco diferente do que Taison. As conclusões não deixaram de acontecer, mas o Internacional não chegou a "bombardear" o adversário, não conseguiu pressionar continuamente a equipe da região centro-oeste.

2) Em alguns momentos, o Inter foi vítima de um defeito que havia quase desaparecido desde que Roth assumiu como treinador: o "Armandismo". Aquele jeito "acadêmico" de passar, tocar e....não obter vantagem no placar.

3) Por outro lado, parece evidente que a concentração - a defesa acabou permitindo oportunidades claras para o oponente - não poderá se igualar à da Taça Libertadores. O ex-craque e atual comentarista Paulo Roberto Falcão confirma que após uma grande conquista o relaxamento é quase inevitável. A avaliação de jovens como Marquinhos e Sacha, neste contexto, fica prejudicada.

Porém, quinta-feira, acontecerá outra vez o maior clássico da década no futebol brasileiro! Uma chance e tanto para o Internacional começar uma série de vitórias que poderão ainda levá-lo a uma briga pelo título. Se Edu retornar, com a característica de tanto atacar como ajudar o meio-de-campo, o Time tende a apresentar um acréscimo de qualidade, já que o atleta garante ter aprimorado a forma física e técnica. Entretanto, eu testaria mais um pouco o trio Paulo Tinga, Guiliano e D´Alessandro. Talvez, com um centroavante mais pronto do que Leandro Damião, as coisas funcionem melhor do meio para a frente.

E hoje, estranhamente quando se anuncia interesse de um clube dos Emirados Árabes por Bolívar, soube-se que o Colorado contratará por empréstimo o zagueiro Rodrigo, demitido do Grêmio por indisciplina. O detalhe é que Bolívar assegura que não sairá antes do Torneio Mundial em Abu Dhabi. Além disso, pelo número de partidas jogadas, o defensor hoje anunciado não atuará pelo Inter no Campeonato Nacional. A diretoria jura que colheu informações a favor da conduta de Rodrigo. Bom futebol não lhe falta. Resta esperar que "se enquadre" nos atuais padrões de comportamento do Clube do Povo do Rio Grande. Aliás, parabéns ao tricolor gaúcho pelos seus 107 anos comemorados nesta quarta-feira.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB