Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Derrota projeta próximas cartadas como últimas

30 de set de 2010

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

A derrota de ontem não se explica somente por ao menos uma infelicidade do goleiro Renan. O Internacional foi marcado com acerto, regra geral, pelo Palmeiras. Felipão dá sinais de que "acertou a mão", com o dinâmico Marcos Assunção no meio-de-campo, e acima de tudo com Valdívia e Kléber. O Colorado sentiu muito especialmente o segundo gol. E definitivamente, um grupo que, como o do Inter, se deixa afetar severamente pela perda de alguns titulares, casos de Paulo Tinga e D´Alessandro, perpetua a dúvida sobre se é de fato o melhor do Brasil.

Tendo a responder negativamente a ela, como sabem os que acompanham este blog. Independentemente desta questão, e apesar de alguns desfalques, o Internacional pode ainda brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. As próximas seis rodadas viraram as últimas cartadas, no entanto. Será crucial não perder para o Santos no jogo atrasado, apostando em uma seqüência imediata de três vitórias (contra o Guarani, o Ceará em Fortaleza e o Atlético-MG), e vislumbrando três decisões posteriormente, contra Flamengo, Grêmio (ambos os duelos fora de casa) e o Peixe, na partida em data prevista, válida pelo returno.

Celso Juarez Roth contará com o experiente Alecsandro de volta ao comando de ataque. Eis um acréscimo, apesar de Leandro Damião ter mostrado potencial. O Colorado certamente já analisa o Inter de Milão, e o que se viu, nesta quarta-feira, na Liga dos Campeões Europeus, dá motivos para preocupações, embora não constitua propriamente uma novidade, num período em que os clubes fortes do velho continente montam verdadeiras seleções planetárias.

O Torneio Mundial de Abu Dhabi já não está tão distante, mas o Internacional ainda não conquistou "o direito de jogar a toalha" na competição mais importante do país. Enquanto isso, por não cumprimento de prazos dos ucranianos, o zagueiro Rodrigo foi descartado pela direção. Quem ocupará os lugares dos veteranos Índio e Bolívar na próxima temporada? Também a próxima Copa Libertadores, brevemente, se tornará enigma no horizonte.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB