Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Um jogo, dois tempos distintos

5 de jun de 2010

Foi com essa expressão que os torcedores do Botafogo sairam quarta-feira da Arena da Baixada. Não deu mesmo para entender um primeiro tempo quase perfeito, e um segundo tempo tão ruim. É muito imprevisível esse time. Para eles, não pode ter jogo fácil. Impressionante!
Quando abrimos 0 x 2, com Herrera e Lucio Flavio, e a torcida do Furacão se calou por alguns minutos na arquibancada, tudo parecia bem encaminhado. PARECIA. Após dois gols de Paulo Baier e um de Alex Mineiro ( por pura sorte ), em pouco tempo o Atlético-PR virou a partida, incendiando a torcida. Fahel deu uma boa ajuda ao ser expulso em uma falta muito boba. Wellington, também expulso, já não tinha ido muito bem no decorrer da partida, e pediu para levar o segundo amarelo no fim.
Não dá mesmo para entender. Um primeiro tempo para recuperar as esperanças e alegrias da torcida e um segundo tempo para fazer a torcida tremer com tantos erros. Isso tudo nos deixa com apenas uma certeza. O time é limitado, desde o Campeonato Carioca temos certeza disso, porém ganhou tal campeonato, jogando com a tal superação. O que vimos contra o Cruzeiro e não vimos contra Vasco e Atlético-PR. No jogo lá em Minas, não ganhamos por uma tremenda falta de sorte. Jogamos muito mais do que eles. Mas nos dois últimos jogos, aquela garra, que sempre foi enaltecida neste time parece ter ficado para trás. Ou seja, não tendo o melhor elenco do campeonato, sem vontade não dá. E não deu mesmo!
Então, ou o Joel trás aquele espírito vencedor de volta ou se não o sofrimento da segunda divisão continuará com a gente durante mais um ano ( esperamos sinceramente que não ).
E as contrações tão necessárias, onde estão? A novela do Maicosuel, que está mais longa do que as novelas da Globo, acabará amanhã. Se o Botafogo não entregar o dinheiro referente à compra do jogador até amanhã, o Mago não virá. É a matemática simples. E ele, neste time, encaixará sim como uma luva. É um grande jogador, não fará milagres sozinho, mas é um jogador necessário ao nosso meio.
Já o Jobson siceramente não sei o que acontecerá. Querer voltar é claro que ele quer. Foi aqui que ele conquistou tudo o que conquistou. E claro que nós também queremos ele, por ser um grande jogador e um dos maiores responsáveis pela nossa permanência na Série A o ano passado. Mas só isso parece não ser tão decisivo assim. Apareceu agora a proposta do Flamengo para obter o jogador e me parece que o Brasiliense está mais inclinado a aceita-la. Financeiramente pode ser muito bom para o Jobson, mas moralmente certamente não será. Porém o destino dele está em suas mãos e sim no do presidente do Brasiliense, que não está nem ai para o lado emocional. É esperar para ver qual será o destino do Jobson!
Independentemente disso, precisamos de mais reforços em outros lugares. Um zagueiro, volante e laterais são necessários. Então, vamos trabalhar diretoria!
Nosso próximo jogo será em casa contra o líder Corinthians, que vem numa bela fase. Será mais um jogo em que a tal da superação terá que voltar com tudo. Vamos ganhar Fogooo!

Saudações alvinegras a todoos ;*

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB