Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Faltou sorte

27 de mai de 2010

Foi sim uma das nossas melhores partidas no ano. Impor-se dentro do Mineirão não será fácil para os times no Brasileirão. Porém, não deu. Em uma jogada de desatenção total da defesa, Thiago Ribeiro achou um espaço inimaginável entre os zagueiros e chutou, sem possibilidade nenhuma de defesa para o Jefferson.
E foi o que de produtivo o Cruzeiro fez na noite de ontem no Mineirão. Contrariando as minhas expectativas, Joel pediu ao time para ir para cima do time mineiro. E foram. Mas com somente um atacante no primeiro tempo ficou complicado. Somália, ainda achou uma jogada, no fim da primeira etapa, em que Gil cometeu uma infração dentro da área. Pênalti claro.
Com uma certeza quase que absoluta, me virei para ver o Lucio Flavio bater. Sem Herrera, Abreu e Caio, a lógica é o camisa 10 bater. Para a minha surpresa, Renato Cajá pegou a bola para bater ( ? ). Ele não estava tão bem na partida. Apesar de aparecer muito errava demais. Não deu outra. Bateu um pênalti a meia altura. Tudo que qualquer goleiro quer. Fábio, que é um dos melhores defesores do Brasil, defendeu.
O Botafogo se abateu e pressão do Cruzeiro no segundo tempo certo? Nada disso. O segundo tempo foi monopolizado pelo time carioca, que tentou de tudo. Joel Santana, surpreedentemente, colocou o time para cima. Tirou Sandro Silva, Renato Cajá e Lucio Flavio, para as entradas de Alex, Marcelo Cordeiro e Diguinho. O time se comportou muito bem. O Cruzeiro não conseguia sair nos contra-ataques mais e o gol alvinegro seria questão de tempo, se a bola não tivesse teimando tanto a não entrar. Some-se isso aos erros da arbitragem da partida e terá o resultado do jogo. Cruzeiro 1 x 0 Botafogo!
Não deu para quebrar mais esse jejum, mas o time jogou bem, não se acovardou diante de um time qualificadamente melhor. Herrera e Caio fizeram falta sim. Edno tentou, mais não teve ritmo o suficiente. Alex, entrou muito bem. É um ótimo garoto e pode brigar por uma vaga neste time com o Caio, pelo menos antes dos reforços chegarem. E por falar neles, estão demorando muito para vir. A transação de Maicosuel já está virando uma novela sem fim previsto. Jobson parece que vem mesmo e a diretoria não revela mais nomes que poderão entrar em pauta. Não tem outro jeito. É aguardar o desfecho destas negociações.
A próxima partida terá gosto de revanche. Isso porque, ganhamos deles na final da Taça Guanabara, isso é certo, mas teremos que tentar amenizar o vexame dos 6 x 0 na nossa casa. Então é esqueçer uma derrota, até certo ponto injusta para o Cruzeiro, e pensar no Vasco. Não tem outro resultado a não ser a vitória. Herrera e Caio estarão de volta e não devem perder o lugar no time principal. Joel terá o time da partida contra o Goiás em mãos e não duvidem que ele entrará com o mesmo esquema.
Não esqueçam que, uma derrota fora de casa, jogando bem,nem sempre é o pior dos resultados e que às vezes precisa-se disso para que os jogadores não se acomodem em campo. Serão mais 34 finais e eu estarei sempre aqui, torcendo e vibrando. O Glorioso é o meu grande amor!

Saudações alvinegras a todoos ;*

1 comentários:

Anônimo disse...

Faltou sorte msm. Jogamos bem e nada de a bola entrar..
agora vamos comer bacalhau no domingo e mostrar pra eles quem manda no Engenhão!
Sempre precisa Juuuh.

Gabi

27 de maio de 2010 10:34

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB