Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

São Paulo 0 x 0 Universitário

29 de abr de 2010

O São Paulo FC atuou ontem à noite (19:30 horas de Brasília) em Lima, no estádio Monumental, contra o Universitário do Peru e conseguiu trazer um empate sem gols.

A partida foi de baixo nível técnico e apesar dos Peruanos conseguirem maior domínio de jogo não conseguiram traduzir essa maior posse de bola sequer em chutes ao gol do São Paulo já que a primeira bola defendida por Ceni foi no segundo tempo. O São Paulo ainda conseguiu levar bastante perigo ao gol do Universitário, primeiramente com Cicinho que no início do jogo carimbou a trave dos adversários. Ainda durante a partida tivemos mais duas belissímas chances de gol com os zagueiros do time da casa salvando em cima da linha.

Um jogo onde as duas melhores defensivas da fase anterior (apenas dois gols em seis jogos) acabaram prevalecendo sobre os ataques.

O jornal Peruano Diário de la República calculou o público presente em 35.000 pessoas quer inutilmente apoiaram o Universitário durante todo o jogo.

Ricardo Gomes mandou a campo:

Rogério Ceni que atuou com a tradicional segurança na meta Tricolor e realizou seu jogo de número 900, marca fantástica do maior goleiro artilheiro do globo terrestre;
Cicinho fazia uma boa partida, contundiu-se, sendo substituido por Jean que limitou-se a defender;
Alex Sila e Miranda dois monstros na zaga Sãopaulina;
Richarlyson, um desastre, levou seu costumeiro cartão amarelo no primeiro tempo e na segunda etapa fez uma falta estúpida, um carrinho na lateral do campo adversário, sendo merecidamente expulso de campo, até quando vai ter espaço no time, jogando dessa maneira ?;
O meio de campo Rodrigo Souto, discreto, Hernanes, bem abaixo de seu potencial, Jorge Wagner, não apareceu e Marlos, produzindo muito pouco foi substituido por Junior Cesar, não comprometeu,  para arrumar a defesa quando da expulsão de Richarlyson;
À frente Dagoberto, cavando faltas como sempre, quem sabe indo pra cima dos zagueiros sem tanto cai-cai não seria mais produtivo ? e Washington que quase não pegou na bola (porque ela não chegou, abem da vardade), não era jogo pra ele, precisávamos de alguem mais habilidoso. No fim o grandalhão foi substituido por Renato Silva, na busca de Ricardo Gomes por um resultado igual.

Ao final da partida ficou a impressão que se forçasse um pouco mais e com um pouco mais de habilidade no ataque a vitória seria fácil. Terça-feira próxima o jogo de volta no Morumbi com casa cheia. Meio caminho andado, resta ao Tricolor encarar a partida coim toda a seriedade possível e passar  pelo Universitário sem sustos, mas com certeza algum sofrimento para a desiludida torcida do São Paulo.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB