Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A resposta do Cruzeiro.

29 de abr de 2010


Depois de vários dias sem o futebol do Cruzeiro, voltamos a Libertadores. Oitavas de finais, dentro de casa e um time mordido dentro de campo. Tanto se falou da semifinal do campeonato mineiro, de crise, de torcida dividida, mas o que importava mesmo, hoje, era a bola rolando contra o Nacional do Uruguai.

Foram a campo: Fábio, Jonathan, Gil, Leo Silva, Diego, Fabrício, Henrique, M. Paraná, Gilberto, Thiago Ribeiro e Kléber.

O cruzeiro mandou no 1° tempo, tanto que o muralha Fábio não fez defesa alguma. Logo aos 7 minutos, numa bobeira da zaga uruguaia, abola sobrou para Ribeiro tocar por baixo das pernas do goleiro e abrir o marcador. Momentos depois, Gilberto chutou pro gol e obrigou o goleiro do Nacional a fazer uma excelente defesa. Aos 23 minutos, Fabrício fez um lindo cruzamento para Ribeiro fazer o seu segundo gol, de cabeça. Ao final, mais ou menos aos 42 minutos, Henrique deu um ótimo passe para Ribeiro fazer, de novo, mais um gol celeste, completando assim 3x0 só no primeiro tempo.

Durante o intervalo, Fabrício saiu com o joelho inchado e em seu lugar entrou Elicarlos. No segundo tempo, o time das cinco estrelas entrou devagar e acabou tomando um gol, aos 5 minutos. O fato é que o senhor que fez o gol tinha empurrado seu marcador, o próprio Elicarlos, antes de mandar a bolota pro fundo do barbante. Mas ficou por isso mesmo.

Depois de algum tempo o time celeste voltou a dominar a partida. Nosso técnico Adilson Batista tirou Gilberto para colocar Guerron. A mexida colocou nosso time todo no ataque. Nossos guerreiros ficaram tocando a bola de um lado para o outro, chutando pouco a gol, enquanto a torcida pedia “mais um, mais um”. O Nacional, por sua vez, como time todo fechadinho, não deixou que o placar fosse modificado, assim acabando o jogo em 3x1.

O jogo de volta será no Uruguai, no pouco conhecido estádio do Nacional. O Cruzeiro tem o placar a seu favor, mas é importante também buscar um resultado positivo por lá, nem que seja um empate.

É isso, ficamos aguardando o dia 5 de maio quando o time celeste sacramentará sua ida às quartas de finais do campeonato mais importante das Américas.

Saudações Celestes.

2 comentários:

Coto disse...

Concordo com tudo que foi dito!

29 de abril de 2010 23:04
Lílian Alcântara disse...

Alguém pergunta "quem é o sem tradição agora" fazendo um favor?

30 de abril de 2010 00:17

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB