Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Cruzeiro duas caras.

4 de abr de 2010



E começou as quartas de finais do campeonato mineiro. Cruzeiro e Uberaba jogaram no sábado de feriado da Páscoa, ás 18h30min, no Mineirão.

O primeiro tempo começou com Fabio, Jonathan, Caçapa, Leo Silva, Fernandinho, Fabrício, Pedro Ken, M. Paraná, Gilberto, Thiago Ribeiro e Kléber.

Nos primeiros minutos, o jogo foi bem igual com ataques dos dois times, mas ainda sim, impressionantemente, o Uberaba, com maior posse de bola, conseguiu abrir o marcador logo aos 13 minutos numa cobrança de falta.

Ai, uma incrível raiva tomou meu coração, porque depois de ver meu time ganhar brilhantemente o último jogo contra o Velez, pela Libertadores, o que eu e toda nação celeste esperávamos era a humilhação de um time pequeno, coisa que não estava acontecendo neste jogo.

Mas, depois de alguns minutos após o gol do adversário o time celeste começou a jogar e atacou perigosamente algumas vezes até que o arbitro deu pênalti pro nosso time. O zagueiro, ao tentar evitar o gol de empate do time de BH, meteu o mãozão na bola e a penalidade foi marcada corretamente (apesar disso o arbitro não expulsou o caboclo mesmo sendo essa a atitude mais correta a fazer nesse caso). E Kléber, com paradinha, bateu com categoria e empatou pro time azul, aos 29 minutos.

Depois do gol atacamos mais e impomos nosso jogo, mas o primeiro tempo acabou mesmo em 1x1.

No intervalo, o técnico Adilson Batista tirou Fernandinho e em seu lugar colocou Guerron assim ficando Pedro Ken na lateral esquerda e 3 atacantes para buscarmos o gol. Alias, é bom destacar que Gilberto e Pedro Ken ainda não conseguiram mostrar o futebol que sabemos que eles têm esse ano. Mesmo assim, quem saiu para a entrada de Henrique foi o volante Fabrício.

Mais que de repente, o Uberaba desempatou o jogo em um ataque rápido e uma falha da zaga celeste, aos 12 minutos. Alguns minutos depois, Ken tomou o 2° amarelo na partida e foi expulso. Assim, nosso técnico resolveu tirar Gilberto e colocar Fabinho.

O jogo ficou lá e cá com bons ataques celestes e parecia até que quem estava com um jogador a menos era o adversário e não o time da casa. Aos 29 minutos, a pressão já era grande e o zagueiro Leo Silva fez nosso gol de empate. A cada minuto a pressão aumentava ainda mais e os jogadores do Uberaba começaram a ficar um pouco nervosos, o que resultou em uma expulsão.

Mas, infelizmente, o time celeste demorou a acordar e o jogo acabou assim: 2x2. Mais uma vez o maior de Minas resolveu mostrar que tem duas caras e mesmo jogando com praticamente o mesmo time do jogo passado, conseguiu um resultado insatisfatório tanto para a torcida (11.618 pagantes), quanto para a comissão técnica. Fica aqui então um alerta a essa dupla personalidade que atordoa a todos nós.

Saudações Celestes.

1 comentários:

Fernando Clemente disse...

parabens pelo blog o Cruzeiro jogou muito mal parecia outro time nao o de quarta a entrada de dois johgadores voltando de contusao como fabricio e fernandinho foi errado.gilberto jogou mal mais uma vez.os atacantes foram mal,nao estavam inspiradas.vou colocar o link do seu blog no meu? beleza? beijos

4 de abril de 2010 23:18

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB