Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O "Santo Padroeiro dos Secadores"

22 de out de 2009

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Pois ontem, por um destes paradoxos das novas tecnologias, vivi a velha experiência de acompanhar futebol pelo rádio. Ocorre que o rompimento de um cabo me deixou sem a Net, tanto para fins de navegação cibernética, como para assistir à tevê. Bom para lembrar que se assinar o pacote das emissoras a cabo melhora a recepção dos canais abertos também pode nos deixar sem eles, com qualquer falha no sistema. O jogo? Claro, Santo André X Palmeiras, no ABC paulista (felizmente e não em Araraquara......), com resultado surpreendente e excelente para o campeonato nacional. Apenas o primeiro tempo.

E a alcunha lembrada pelo narrador da transmissão que escolhi foi realmente muito boa. O Ramalhão virou o "Santo Padroeiro dos Secadores" e fez o seu papel! Para alegria de nós, colorados, e igualmente dos atleticanos, dos são-paulinos, dos flamenguistas, dos cruzeirenses....evidentemente, não dos botafoguenses, que têm um dificílimo clássico no domingo. De qualquer forma, o Brasileirão 2009 parece cada vez mais sensacional.

O Internacional está outra vez com chances de se aproximar da liderança e retomar fortemente a briga pelo título. Conseguirá? No Gigante da Beira-Rio, vigora absoluto mistério. O trunfo para que o Inter suba de produção é Guiliano, até onde se sabe, em condições físicas razoáveis após o extenuante Mundial Sub-20 (existe algo extenuante para um atleta de menos de duas décadas de vida?) e que pode atuar como ala direito ou meio-campista articulador. Pessoalmente, já escrevi aqui, prefiro a segunda hipótese. Não vejo necessidade depois do que houve com o ainda primeiro colocado na tabela do Colorado entrar em campo com um 3-6-1, ou, um 3-4-2-1.

Acredito que Mário Sérgio Paiva deve cogitar um 4-4-2 simples como esquema tático. Quem sabe, o Time arrisca, visando aos três pontos contra o maior rival? Marquinhos teve boa atuação diante do Fluminense, e creio que mereceria um lugar no ataque. Ficaríamos com Sandro, Guiñazu, Guiliano e D´Alessandro, que anda devendo, mas foi muito bem nos grenais em que participou, o garoto que já impressionara contra o Goiás e Alecsandro, nos setores avançados. A defesa? Anda falhando tanto, que arrisco escrever que não melhorará significativamente com um sistema ou outro. Portanto, não fracassar nas conclusões será imprescindível, embora o tradicional adversário conte com o melhor goleiro do Brasil, ou, ao menos, em atividade no país. E ao ver Alexandre Pato, criado no Beira-Rio (descoberto durante a gestão com a qual colaborei em 2001), decidir o ótimo embate entre Real Madrid e Milan, pela Liga dos Campeões, o que atenua o lamento de não se segurar por muito tempo jogadores daquele nível, no cenário mercadológico atual, é recordar que o centroavante alvirubro disputa a artilharia do Campeonato Brasileiro. Oxalá, domingo esteja inspirado!

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB