Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A vitória e Silas na vida do Colorado

4 de set de 2009

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Pois o esquema de três defensores acabou não se revelando eficiente contra o Atlético-MG, que atacou mais no primeiro tempo da importante vitória colorada desta quarta à noite. Não obstante um lance duvidoso envolvendo Edu (o árbitro poderia marcar uma falta de grande perigo perto da área, ou até mesmo pênalti), o Internacional criou muito pouco naquele período, submetido à forte marcação do Galo em todos os setores. Marquinhos, "meio atacante", meio-campista, acabou não repetindo a bela atuação que tivera diante do Goiás.

Na segunda etapa, tudo mudou. D´Alessandro como que incendiou o Time, o qual voltou a mostrar uma dinâmica envolvente, no esquema tradicional, o 4-4-2. As jogadas fluíram pelos dois lados, os gols aconteceram rapidamente, e o Inter pôde valorizar a posse de bola, ainda que estranhamente - tal como nos 45 minutos iniciais - uma vez que outra os defensores errassem passes, proporcionando oportunidades, nem sempre contundentes, ao adversário de Belo Horizonte. Menos pelo título simbólico do primeiro turno, muito mais pelo fato do conjunto comandado por Adenor Tite (com quase todos os atletas à disposição para o final de semana e já dando a entender que usará reservas na Copa Sul-Americana.....) se aproximar do Palmeiras, a "goleadinha", lógico, foi importantíssima.

E agora, Silas outra vez na vida do Clube do Povo do Rio Grande. Em 1995, quando a Fifa confirmou que o Internacional teria que jogar a segunda divisão do campeonato nacional se não pagasse uma dívida envolvendo a negociação do passe dele com um clube argentino, configurou-se a gota d´água para 11 colorados se reunirem e fundarem o Movimento InterAção. Eu estava lá. Sou um dos organizadores do grupo, junto com o ex-vice-presidente eleito, Eduardo Lacher. Surgimos como oposição ao estado de coisas então vigente no Inter. Do período de efervescência da vida política da Instituição (talvez pelo fator politização no estado, vários movimentos surgiram em seguida), resultou a completa transformação do Sport Club Internacional para muito melhor. O débito foi pago, e a tragédia evitada, mas milhões de torcedores alvirubros consolidaram a certeza de que não mais o clube do coração poderia ser administrado como era. Quase 15 anos depois, lá está o ex-meio-campista provando enorme capacidade como treinador no Avaí. O que será que vai preparar, visando à contenção dos avanços de Kléber e as trocas de passes entre Magrão, Guiñazu, bem como, provavelmente, o companheiro argentino livre da suspensão? Com Edu e Alecsandro em campo, a força aérea gaúcha tende a desequilibrar o confronto.

Se o Palmeiras vacilar contra o Barueri, hipótese pouquíssimo provável, a partida contra os catarinenses pode levar à conquista da liderança. Entretanto, ninguém espera facilidades. Se elas aparecerem, é sinal de que o elenco disponível no Beira-Rio está completamente a fim de provar a qualidade apontada como superior, na comparação com a maioria dos participantes do emocionante Brasileirão 2009.

1 comentários:

António Pista disse...

Adicionei seu blog à lista de parcerias!
Se possível faça o mesmo!
Obrigado!


http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

4 de setembro de 2009 05:52

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB