Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Favoritismo uma palavra em extinção ?

26 de jun de 2009

Comentando um pouco sobre Copa das Confederações quem imaginaria a surpreendente vitória dos Estados Unidos sobre a Espanha . Foi a superação do futebol coletivo e aguerrido contra a soberba espanhola .



A evolução do futebol americano ( soccer ) está cada vez mais presente e de inocentes e bobos eles não tem nada . A Espanha com seu retrospecto de 35 jogos sem perder pagou para ver e custou caro . Tinham a pretenção que a qualquer momento fariam os gols da vitória . A auto confiança era tamanha que não se preocuparam em anular as principais ações da equipe estado unidense .



A Espanha teve uma maior posse de bola , criou várias oportunidades , porém a conclusão nem sempre eram eficientes. Fizeram o tempo todo com maestria as viradas de bola em profundidade , mas não tiveram a competência de suplantar a forte marcação imposta pelo adversário.



E a nossa seleção brasileira ? A duras penas venceu a seleção da África do Sul pelo escore mínimo com um gol salvador de bola parada . Quem poderia imaginar algum dia ver a seleção canarinha praticar um anti-jogo em prender a bola na linha de fundo para deixar o tempo passar e torcer para o encerramento da partida .

Quem não sabia que o experiente Joel Santana iria montar uma equipe fechada quando não estivesse com a posse da bola e ousada nas saídas ao ataque ??? O treinador brasileiro mostra a sua inexperiência no comando técnico ao não mudar a forma de jogar durante a partida e predominou nos minutos finais o talento inato do jogador brasileiro .

Alguns ou talvez muitos apaixonados poderão e vão alardear aos quantro cantos , brilhou a estrela do técnico Dunga , mexeu na equipe , pasmém aos 35 minutos do segundo tempo , e deu certo com um gol de Daniel Alves .

Comandar um equipe com Julio Cesar ( salvou o Brasil num momento crucial da partida ) , Lúcio , Maicon , Kaká , Robinho , Ramires , Luis Fabiano entre outros jogadores consagrados e experientes torna a missão menos complicada , porém realizar mudanças táticas durante a partida , identificar os pontos vulneráveis da equipe e fazer a leitura correta do jogo demanda competência , experiência e maturidade técnica que o nosso treinador não tem .

Domingo a grande final , Brasil X EUA . Os americanos certamente não vão cometer os mesmos erros do primeiro jogo . O Brasil de Ricardo Teixeira , Dunga e companhia tem a obrigação de vencer , mas um time que só sabe jogar bem quando o adversário vem para cima podemos esperar as mais diversas emoções .

É aguardar e tocer ou sofrer se a inercia Dunganiana permanecer na beira do gramado .

Alessandro Granda Gebim
Salvador - Bahia - Brasil
Vitória o melhor time do mundo ontem , hoje e sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB