Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O maior clássico nacional

15 de mai de 2009

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

Recentemente, a Revista Trivela promoveu uma votação em que o greNal (justifico a grafia pela estatística......) foi eleito o maior clássico brasileiro. Evidentemente, o critério da rivalidade regional teve um peso fortíssimo entre os parâmetros adotados. Pois ouso dizer que nesta segunda rodada do Brasileirão 2009 veremos o confronto de maior envergadura nacional do nosso futebol: Internacional X Palmeiras.

O argumento é simples. Nenhum embate se repetiu tanto em momentos decisivos de competições nacionais. Recordemos.

-No quadrangular final do Robertão de 1967, Internacional e Palmeiras jogaram duas vezes, com uma vitória do Verdão e um empate. O grande clube paulista foi o campeão, e o Colorado o vice.

-Já o quadrangular do Robertão seguinte, em 1968, teve apenas um jogo, no qual goleando por 3X0 (o Inter é dos poucos clubes que tem ampla vantagem contra o Palmeiras, inclusive, com o privilégio de impôr goleadas históricas, como um 6X0 em 1981, a maior já sofrida pelo "Campeão do Século XX" no Campeonato Brasileiro.....), o Time treinado por Daltro Menezes, que tinha a dupla Bráulio e Claudiomiro, assegurou o Bi-Vice na competição, que poderia ter levado à Copa Libertadores da América 1969, não fosse o boicote do Brasil ao torneio continental. A "Academia do Parque", em fase de transição, acabou em terceiro lugar.

- Na semifinal do Brasileirão 1972, um empate em 1X1, com arbitragem muito contestada pelos colorados. O Palmeiras se classificou para a final contra o Botafogo. O "Esquadrão" de Luiz Pereira e Ademir da Guia começava a seqüência do Bi-Nacional. Aquela foi uma grande equipe, mas outro dia, quem sabe, discutirei se a do começo dos anos 90 não era melhor.

- No quadrangular final do campeonato seguinte, vitória do Verdão em São Paulo por 2X1.

-Nas semifinais de 1978, uma vitória por 2X0 e um empate em 1X1 levaram o Palmeiras a mais uma decisão do Campeonato Nacional. Desta vez, o Verdão foi derrotado, pelo ótimo time do Guarani de Campinas.

- Nas semifinais de 1979, sensacional vitória do Internacional por 3X2 em São Paulo e novo empate em 1X1 no Beira-Rio, com triunfo posterior do Colorado nas finais contra o Vasco da Gama. O Inter de Benitez, Mauro Galvão, Falcão, Jair, e ainda Valdomiro, se tornaria o único Campeão Brasileiro Invicto. Verdade que aquele campeonato com 94 clubes (período pautado pelo lema "Onde a Arena vai mal, um Clube no Nacional". A Aliança "renovadora"era o partido da ditadura militar......) foi uma esculhambação, mas isso não tira o mérito e a relevância da conquista. Entre os destaques colorados, também podem ser citados Batista e o "Vesgo" Mário Sérgio, hoje treinador.

-Longa pausa, e em 1992, nas semifinais da Copa do Brasil, duas vitórias do Colorado. 2X0 em São Paulo, e 2X1 em Porto Alegre.

Poderíamos lembrar também o Brasileirão 1997, quando o Palmeiras venceu duas vezes o Internacional num dos quadrangulares semifinais. Ambos os triunfos terminaram em 1X0.

- E pra fechar a soma de confrontos decisivos, a vitória do Inter por 2X1 na penúltima rodada do Brasileirão 2005 carimbou o passaporte da vaga direta para a Vitoriosa Copa Libertadores da América 2006. Naquela ocasião, jogando no Gigante da Beira-Rio, o Time de Fernandão, contra o Palmeiras, garantiria o Vice-Campeonato.

Não fosse a lambança do STJD, o Título do mais difícil campeonato do mundo poderia ter sido arrebatado naquela temporada. Porém, este já é um outro assunto. Que tal? Até hoje, pelo menos oito confrontos em fases decisivas de competições nacionais!

Ainda que coloquem times mistos, certamente, Internacional e Palmeiras podem protagonizar uma grande partida.

E, independentemente de quem estiver em campo, o Colorado terá que jogar bem melhor do que na quarta-feira, quando - na minha opinião - não obteve bom resultado contra o Flamengo. Sobre o duelo com o campeão carioca, entretanto, escreverei na próxima semana. Prometo também que contarei outra pequena história envolvendo um jogo do Campeão Mundial 2006 contra o "mais querido". Aliás, já havia colocado aqui que o Inter deveria deixar de lado esta conversa de favoritismo na Copa do Brasil......

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB