Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O Internacional e o Brasileirão

15 de mai de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país. O Internacional foi um justo campeão gaúcho. No primeiro tempo da decisão contra o Caxias, teve dificuldades. O time grená soube explorar os lados, e a deficiência na bola alta da defesa colorada, chegando ao gol em jogada trabalhada no escanteio. Entretanto, também criou chances e poderia ter aberto o placar, não fosse um impedimento absurdamente assinalado pela arbitragem, em lance no qual Oscar e Leandro Damião chegaram na frente da meta adversária. Porém, na segunda etapa, com o ingresso de D´Alessandro e Dagoberto nos lugares de Dátolo e Paulo Tinga, o Colorado cresceu e pressionou de maneira espantosa a melhor equipe interiorana. Nem mesmo o pênalti desperdiçado por Nei - que alivia as consciências, apontando que não era mesmo para seguir adiante na Copa Libertadores, já que o lateral provavelmente também não aproveitaria a chance contra o Fluminense, no Gigante - desanimou o Inter. A virada parecia inevitável, e aconteceu com a disposição de Sandro Silva (o qual teria sido agredido em comemoração do título com dois colegas em um bar, correndo o risco de ficar fora da estreia no Campeonato Nacional, para além do imbroglio, envolvendo a renovação do contrato e a ruptura com o Málaga, da Espanha....) e o ótimo cruzamento de Fabrício para Leandro Damião. Os que apreciam este blog sabem que não valorizo o estadual. O paulistão, brilhantemente arrebatado pelo Santos de Neymar e Paulo Ganso, é um parâmetro um pouquinho melhor para o Brasileirão. O staff do Beira-Rio deve se convencer da necesidade de reforços. Além de um zagueiro com nível para titularidade, um lateral para a reserva, mas como alternativa forte para Nei, e um atacante, imediatamente para substituir Jô, que aprontou mais uma no Rio de Janeiro e será dispensado, constituem necessidades urgentes. - X - Está correta a diretoria colorada ao punir o centroavante e o meia-atacante Jajá, pela falta de comprometimento demonstrada após a eliminação no torneio continental. Uma pena a situação do último, que mostrava qualidades para cobiçar um lugar entre os onze. Perdeu terreno na disputa. O Internacional, segundo declarações do presidente Giovani Luigi, vai focar totalmente no mais difícil campeonato em turno e returno do planeta. Penso que precisa arrancar bem, aproveitando as preocupações de alguns concorrentes fortes com outras competições. Se já existe um planejamento estratégico, a comissão técnica sabe que 72 pontos garantirão o título esperado há mais de 30 anos. 21 vitórias e nove empates. 18 triunfos no Beira-Rio e três fora de casa. Quem sabe? Na sexta-feira, os palpites para a primeira rodada.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB