Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Uma derrota triste e reveladora

8 de nov de 2011

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país.

A derrota do Internacional foi triste porque revelou várias deficiências. O Fluminense mostrou ser uma equipe melhor estruturada. Abel Braga pensou com clareza o embate, montando seu time no esquema 4-4-2, sem abrir mão de forte marcação sobre D´Alessandro, e tratando de deixar Deco solto para a articulação. Edinho e Rafael Sóbis jogaram muito, com o profissionalismo que se esperava, e as melhores referências para a torcida colorada.

O primeiro gol da equipe carioca resultou de belo trabalho coletivo, a começar pelo sensacional toque de calcanhar do ex-atacante do Inter. Talvez, Muriel tenha falhado, mas não é nele que começam os problemas no Beira-Rio. Eles se originam de um mau planejamento pra temporada, com um técnico errado atrás do outro. Agora, Dorival Jr. precisa, definitivamente, repensar a tática com um atacante apenas.

1) O Time não dispõe hoje de um centroavante de alta mobilidade, como Nilmar. Leandro Damião, mesmo em melhor forma, não tem esta como a principal característica. O segundo atacante constitui ausência sentida, contra adversários mais fortes.

2) Falta um grande zagueiro. Alguém que acrescente liderança técnica de trás para a frente. O poder de marcação, de combatividade, do Internacional, precisa melhorar muitíssimo em 2012.

3) Estou fazendo estas considerações, porque, neste momento, parece evidente que o Inter não terá forças para chegar na Taça Libertadores do próximo ano. Então, que do limão se faça a limonada. O meio-de-campo, setor vital, também deve ser repensado. Um primeiro volante mais defensivo, mais marcador do que Mário Bolatti ou Guiñazu, talvez já se encontre no elenco. Quem sabe, Sandro Silva. O "Cholo", na minha opinião, esgotou o ciclo. Bolatti tende a render melhor com mais liberdade para aparecer na zona ofensiva. D´Alessandro está na mesma batida do camisa 5 e de Kléber.

Enfim, a reformulação, timidamente iniciada, necessita ganhar impulso no campeonato gaúcho, para que o Colorado possa voltar a cobiçar o título do Brasileirão. E neste sentido, participar da principal competição das Américas, por incrivel que pareça, atrapalharia. Um consolo? Admito, mas o que fazer depois de domingo? Aliás, revelo um sonho curioso da véspera do revés desanimador: não acompanhara nada do confronto, devido a uma viagem. Então, no outro dia, na redação da TVE-RS, onde sou editor, ficava sabendo que.....o tricolor do Rio de Janeiro havia vencido por 2X1!

Dorival Jr. tem cometido erros e acertos. Cabe esperar um pouco mais para a avaliação. Por último, uma informação referente a um tema palpitante fora do campo: há novidades se delineando na política do Internacional. Escreverei sobre esse assunto na próxima semana.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB