Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Virada providêncial

17 de mai de 2010

No Morumbi ontem, fomos visitar o São Paulo em um dia muito especial. Aniversário de um dos maiores jogadores de futebol do mundo. A lenda viva do futebol brasileiro, que claro, é botafoguense e com muito orgulho. Nilton Santos, sempre encantou a muitas pessoas com seu futebol para frente e ousado para a época. E a nós botafoguenses, deu títulos e histórias interessantíssimas para contar. Nada mal não é? Então, parabéns ao nosso ídolo e mestre, que ele possa viver muito mais para continuar, daqui, iluminando o clube com o escudo mais bonito do mundo.
A vitória de ontem então foi em sua homenagem. E não poderia vir de outra forma. Suada, com muita emoção e direito a gol aos 42 do segundo tempo. Esse é o Botafogo que eu conheço e amo.
A partida de ontem não foi boa tecnicamente falando e mais parecia que o time da casa queria dormir nos 90 minutos do que qualquer outra coisa. O Botafogo, como eu imaginava, sentiu muito a ausência de Loco Abreu e contou ainda com uma tarde nem um pouco inspirada de Caio no ataque. Portanto, nada demais no início da partida. Até que o nosso sistema defensivo todo resolveu falhar em um lance só. Ninguém acompanhou o Léo Lima que aproveitou o buraco entre os zagueiros alvinegros para marcar. São Paulo 1 x 0 Botafogo!
O lema para o time do São Paulo depois foi segurar o placar apertado. E isso poderia ter dado certo, se do outro lado não tivesse um time que precisou só de alguns lances para conseguir virar o placar. Poderia ter sido maior a diferença, mas o lance do gol anulado de Antônio Carlos não deixou que fosse. O juíz marcou falta do zagueiro do Botafogo e anulou. Logo depois porém, em uma bela falta cobrada por Lucio Flavio, que voltou até bem depois de meses parado, o mesmo Antônio Carlos fez o gol de empate. São Paulo 1 x 1 Botafogo!
No segundo tempo, poucos foram os lances de perigo. Sandro Silva fez uma péssima partida e precisa melhorar muito. Quando Joel percebeu isso, o tirou e colocou Edno, que em seu primeiro lance fez mais do que o Sandro na partida quase toda. Ele cruzou nos pés de Herrera que bateu prensado nas mãos de Rogério Ceni. Logo depois, Alessandro e Lucio Flavio sairam para as entradas de Marcelo Cordeiro e Renato Cajá. O time melhorou muito. Foram 15 minutos de bom futebol até, Renato Cajá tentar uma jogada de habilidade, tocar para Herrera só prepar a bola em seus pés e ele tocar na saída do goleiro tricolor. Era a virada. São Paulo 1 x 2 Botafogo!
Não foi só a vitória que animou. A quebra de uma longa escrita foi ainda mais animador. Eram 15 anos sem vitória diante do São Paulo no Morumbi. A última vez foi no Brasileirão de 1995. Ano que nos trás ótimas recordações, animador não é?
Mas de fato não temos um belo time. O jogadores que ali estão são inferiores no papel a muito time neste campeonato. Porém, o Botafogo de 2010 sabe disso e não se lamenta. Corre atrás o tempo todo e acaba sendo premiado pela atenção nos 90 minutos, por isso acredito que com esse time não há jogo perdido. E com os reforços que estão para chegar, o time promete ganhar muito mais poder no meio de campo. Maicosuel parece que vai voltar para o lugar de onde não deveria ter saído e Jobson quer voltar. Com mais um lateral e um zagueiro aposto neste time para ser campeão, ou no mínimo Libertadores.
Sábado temos um confronto contra o Goiás em casa para tentar, ganhar mais 3 pontos que serão importantíssimos no fim. Não há compromisso no mundo que faça eu deixar de assistir a essa partida, porque eu sou BOTAFOGO e tenho muito orgulho disso!

Saudações alvinegras a todoos ;*

2 comentários:

Anônimo disse...

É isso ai Julinha.
Esse time decisivo ta me dando é gosto e mta emoção tbm..
rsrsrs
Mas é assim q vamos pra cima de todo mundo antes do MagoCruel voltar!

Abraços
Gabi

17 de maio de 2010 12:09
Lílian Alcântara disse...

meldels, muito bom o texto tenho que confessar... inspirada pouco é bobagem também

17 de maio de 2010 13:55

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB