Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

A diferença de um intervalo

16 de mai de 2010



Vamos ao 2° jogo do Cruzeiro no Brasileiro. Com a cabeça em outra competição, poucos (8.115 pessoas) foram á Toca 3. O jogo foi contra o Avaí, que tinha ganhado de 6 na ultima partida, mas e daí... vamos ao jogo.

Entraram em campo: Rafael, Elicarlos (Guerron), Gil, Leonardo Silva, Diego (Thiago Heleno), Fabrício, Henrique, Marquinhos Paraná, Gilberto (Fernandinho), Thiago Ribeiro e Wellington Paulista.

O jogo começou muito bem, Cruzeiro dominando com algumas boas chances no início da partida, mas nada muito objetivo. Até que aos 18 minutos de jogo, Leo Silva quase quebra o pé de um dos jogadores do outro time alviceleste e sai expulso. Lamentável, mas o jogo continuou com o Cruzeiro tentando sustentar tal momento ruim, quando o Avaí abriu o placar, aos 25 minutos. Depois do acontecido, o time de BH se perdeu no jogo e o adversário só não fez mais gols por ter sido pego em impedimento várias vezes. Para piorar, o Cruzeiro começou a perder alguns gols feitos e comecei a me irritar, porque quem não faz, leva. E foi o que aconteceu: 0x2, aos 45 minutos, acabando assim o 1° tempo.

Com a confiança, dos jogadores, abalada e uma esperança que não morre no meu coração, fomos todos para o vestiário, em corpo ou em pensamento, para tentar entender o que estaria acontecendo com nosso time. Uma chamada do técnico Adilson Batista talvez bastasse para fazer a diferença. O fato é que o jogo tem que ser jogado e assim o time voltou.

O segundo tempo começou quente, lá e cá, no estilo teste pra cardíaco e, aos 8 minutos, Wellingol faz nosso primeiro gol. Aos 15, o goleiro do Avaí sai expulso numa marcação de um pênalti, que WP, de novo, converte. Depois do empate, o Cruzeiro começou a atacar bastante e a minha euforia pedia outro gol. O jogo ficou muito emocionante, bolas na trave dos dois lados, gol mal impedido do time cinco estrelas, mão da bola que não resultou em pênalti também pro time celeste de BH, enfim, acabou o jogo com gostinho de quero mais, nosso time só não ganhou por falha da arbitragem.

Mas agora é pensar no São Paulo, quarta feira, temos o jogo do ano, o mais importante e complicado. EU ACREDITO. Vamos Cruzeiro.

Saudações Celestes.

2 comentários:

Lílian Alcântara disse...

no estilo teste para cardíaco, vou rir até amanhã

16 de maio de 2010 21:08
Cesar Vassalo disse...

Ah essa arbitragem. Eu tenho uma preguiça enorme do camp. Brasileiro. A arbitragem sempre errando...
Mas enfim, o importante é que o time soube reagir e conseguiu o empate. Agora é esquecer o jogo de hoje e partir para cima do SP. É uma questão de honra essa classificação.

16 de maio de 2010 23:26

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB