Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Insistente 2 x 2

22 de mar de 2010

Quem diria! Do time que iria ser massacrado na semi-final, para um time que teve as melhores chances no clássico seguinte. E vale lembrar que, na primeira oportunidade, conseguimos acabar com o oba-oba do Flamengo, e no clássico deste domingo só não ganhamos pela falta de atenção no último lance da partida. Ou será sorte deles?
Mas o fato é que empatamos, mas não concordo que foi com o sabor da derrota. Pelo menos em mim, esse "sabor" não ficou marcado. Concordo que, levar um gol aos 48 do segundo tempo não foi nada emocionante, porém os nossos olhos presenciaram um futebol, no mínimo, interessante.
A partida começou movimentada para um lado só. Confesso que pensei seriamente que iria ser ataque contra defesa. Mas uma boa surpresa deu as caras no Engenhão. Nosso meio-campo começou a ser eficiente, principalmente o Lucio Flavio. Sua melhor partida no ano. Difícil será continuar assim, mas hoje ele mereceu os aplausos.
O Botafogo acordou depois dos 10 minutos de partida. E não demoramos muito para marcar o gol, mostrando que, quando esse time quer, não há "Império do Amor" que segure. A falta cometida, depois de uma arrancada do Lucio, foi fora da área sim. Mas como ajudar o Botafogo não é muito a praia dos juízes, o último lance, que originou o gol do Flamengo não foi falta. Mas, voltando ao jogo, o juíz marcou pênalti. E o Herrera logo pegou a bola para bater, mostrando para o Dodô que sorte, competência e coletividade é que faz um jogador marcar na partida e na história de um clube. O Bruno até tentou pegar, mas Botafogo 1 x 0 Flamengo!
Logo depois, porém, em uma jogada onde todos os jogadores caíram, o Adriano caiu mais perto da bola, que estava pedindo para ser chutada dali. Botafogo 1 x 1 Flamengo!
Mas a partida continuou no mesmo ritmo, com o Botafogo dominando a meiúca do Flamengo. Petkovic só foi visto no segundo tempo, quando estava sendo substituído e vaiado pela torcida. Tivemos boa chances de virar o jogo. Mas o primeiro tempo terminou assim.
Para quem pensava que o ritmo iria diminuir, só o início do segundo tempo mostrou que isso estaria fora de cogitação. O Flamengo dominava as ações, até que o Somália, que há de se elogiar muito sua atuação hoje, cruzou nos pés do artilheiro alvinegro. Botafogo 2 x 1 Flamengo!
O time rubro-negro tentava, mas esbarrava na competência de Jefferson e na incompetência de Vagner Love. Joel fez suas três alterações. Saíram, Somália, Fahel e Lucio Flavio para a entrada de Fábio Ferreira, Eduardo e Edno. A primeira alteração aconteceu porque o Somália estava machucado. Mas tirar o Fahel e o Lucio Flavio não foram as melhores escolhas. Primeiramente porque o Fahel estava bem na partida e o Eduardo todo mundo sabia que nada resolveria. E depois, como ele me tira o Lucio Flavio em sua melhor partida? É legal ver ele se dedicar daquele jeito. Se fizesse isso todo dia não seria tão contestado!
O Flamengo melhorou com a saída do Pet e a entrada de Vinícius Pacheco. Mas foi em uma falta cobrada por Everton Silva aos 48 do segundo tempo que deu o empate a eles. A bola procurou a cabeça do Adriano, que sem se levantar do chão, conseguiu cabeçear. Jefferson ainda tentou tirar, mas não deu. Botafogo 2 x 2 Flamengo!
Ataque com Caio e Herrera é sempre preocupação a mais para o adversário. Loco Abreu é sim titular, mas que o jogo é mais dinâmico sem ele, isso é. Valeu por constatarmos que o time sobrevive sem bolas aéreas, mas é preocupante ver que a defesa ainda não está definida.
Mesmo com o empate, continuamos na liderança do Grupo B, seguidos pelo América, que tem o mesmo número de pontos que a gente, porém nosso saldo de gols é maior. A próxima partida do Botafogo é contra o Volta Redonda, fora de casa, quinta-feira, às 19:30. E uma vitória poderá nos colocar mais perto da classificação para as semi-finais da Taça Rio!
Ah, e se o Bruno for o melhor goleiro de seleção, terão que inventar algo muito maior para o Jefferson. Aliás, inventaram já, o nosso Botafogo!

Saudações alvinegras a toodos ;*

6 comentários:

Anônimo disse...

É Julinha, axo msm q foi é sorte do fla. O jogo estava todo para a gennte!
Muito boa sua crítica gentil ao goleiro deles. O Jefferson está cada dia melhor e mais a vontade no gol!
Parabéns mais uma vez..

Gabi

22 de março de 2010 01:42
artur disse...

muito bem, gostei dos elogios ao LF, que só saiu pq abriu o bico, ate de lateral esquerdo ele jogou. e o Fahel saiu machucado, q eu saiba.

22 de março de 2010 11:09
Anônimo disse...

Matthaus...

Como sempre eu fico nervoso em ver clássicos, começo roer as unhas, só não roo a dos pés pq é uma porcaria! Dessa vez cortei as unhas, não fui ao Engenhão (coisa que a Ju queria muiiiiiiiitooooo fazer hehe) porque eu estava doente, ainda estou! Fui então ao Quiosque na praça perto de casa, encontro meus amigos e que manero só eu de Botafoguense e vamos colocar aí... uns 60 flamenguistas. Pensei:"maldito o dia que cortei as unhas." Mas foi emocionante até o segundo gol do Bota, quando só eu gritava, pulava, cantava, soltava fogos(pela primeira vez soltei fogos =D) e os flamenguistas me olhavam sem ter um pingo de reação. Até aos 48 do segundo tempo... Agradeço a Deus por ter colocado um escudo protetor ao meu redor porque, aguentar os 60 e tantos flamenguistas vindo em sua direção gritando, pulando, cantando, soltando fogos e ainda te agarrando (como eu sofri), só Deus mesmo pra me livrar da morte! Bem, não achei que foi sorte deles,foi falta de um pouco mais de ousadia nossa. Tivemos 3 grandes oportunidades para ampliar o placar. A primeira com Caio ganhando na raça, na categoria e no talento levando a bola na linha de fundo que a invés de cruzar não sei pra quem, era pra ter driblado o Bruno e feitoo gol mas cruzou a bola nas mãos do Bruno. Depois na falta que o Bruno foi cobrar, Marcelo C. é veloz, chuta forte, era pra ter carimbado o gol enquanto a tartaruga voltava pra ele. E por último com Edno, se acertasse o pé naquele chute de canhota... era "saco" gol na certa! Mas...clássico é clássico, tudo pode acontecer, até ver um jogo sozinho com seu maior rival em grande número e ainda assim sair ileso!
Saudações a todos! xD

22 de março de 2010 11:28
Anônimo disse...

Sempre precisa e bem humorada!
A inteligência já é cativa de cada botafoguense desde o berço, vc nao poderia destoar.
Parabéns Julinha, e Fogão sempre..
Deixamos a vitória para a final da Taça Rio!

Rafael

22 de março de 2010 20:23
gerson papai disse...

julinha para de reclamar vc sabe q fla e melhor

22 de março de 2010 22:32
PCFilho disse...

O jogo foi bom. O juiz é que destoou, errando muito, para os dois lados (o único gol legal foi o segundo do Herrera).

O texto tá excelente, pra variar.

22 de março de 2010 23:23

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB