Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Depressão 2, a volta

14 de mar de 2010


Ao contrário do que todos imaginavam, inclusive eu o Vasco não se intimidou contra "eles", desfalcado de Carlos Alberto, o Vasco jogou de igual para igual e poderia ter vencido o clássico terminado agora pouco no Maracanã, simples, se Dodô não perdesse dois penaltis, isso mesmo que você leu, já do lado de lá "eles" aproveitaram muito bem a mesma chance, e o jogador que é um "grande exemplo" para os mais jovens soube aproveitar, no primeiro tempo, Willliams que teria que ser expulso por ser o último homem entrou feito em Philippe Coutinho, o inusitado do lance que o jogador "daquele time" deu um beijo no jogador do Vasco, um ato inusitado. Pois bem, Dodô pegou a bola e na hora de bater, simplesmente atrasou a bola para o goleiro "deles", horrível, tudo bem que o arbitro não marcou um penalti para "eles" de Márcio Careca em Leo Moura, no segundo tempo a compensação, em uma jogada confusa o arbitro marcou para eles, e "aquele exemplo de jogador" mostrou como se bate, 0x1.
Depois de muito tempo, Jeférson voltou ao Vasco e ao concluir um chute a gol a bola bateu na mão de um zagueiro rival, o mesmo Jeférson ia bater.... até que Dodô pegou a bola, foi pra cobrança e..... perdeu mais uma chance.
Castigo maior impossível, os dois penaltis que o Vasco perdeu realmente aconteceram e foram desperdiçados, o de lá, não existiu e a bola foi pra rede, cruel!
Dodô não terá paz no Vasco jamais, a não ser que seja decisivo em uma decisão, a torcida vai cobrar muito, não tem jeito, a lamentar ainda mais a PARCIALIDADE DO COMENTARISTA DO PFC, PAULO CESAR VASCONCELOS que só faltou botar a camisa "deles", lamentável!

A depressão Vascaína pode ser fatal agora, já que a equipe não está tão confortável assim na tabela do grupo B.

ELES 1 x 0 VASCO
Eles
Bruno; Leonardo Moura, Álvaro, Fabrício e Juan; Toró, Willians, Kléberson (Rodrigo Alvim) e Vinícius Pacheco (Petkovic); Vagner Love (Ronaldo Angelim) e Exemplo para os jovens
Técnico: Andrade
Vasco
Fernando Prass; Fernando, Titi e Gustavo (Rodrigo Pimpão); Elder Granja, Rafael Carioca, Paulinho (Leo Gago), Philippe Coutinho e Márcio Careca; Rafael Coelho (Jefferson) e Dodô
Técnico: Vagner Mancini
Data: 14/03/2010
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Péricles Bassols Pegado Cortez
Auxiliares: Hilton Moutinho Rodrigues e Eduardo de Souza Couto
Renda: R$841.565,00
Público: 30.214 (37.107 pagantes)
Cartões amarelos: Willians, Juan (F); Paulinho, Marcio Careca, Fernando Prass, Gustavo, Titi, Elder Granja (V)
Cartão vermelho: Titi (V)
Gol: Exemplo para os jovens, aos 6min do segundo tempo

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB