Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Precisa-se de reforços na zaga gremista

16 de fev de 2010

O Grêmio parece um mendigo, daqueles que vendem o almoço para comprarem o jantar. É assim que a diretoria gremista está trabalhando, quando tem uma boa defesa, vende o ataque e quando o ataque é bom, vende a defesa.


Isso vem acontecendo desde o vice da Libertadores em 2007, o Grêmio não tinha um grande ataque com Tuta e mais recentemente com jogadores considerados médios como Perea, Reinaldo, Herrera, entre outros. Porém a zaga era consistente, com os goleiros Galatto e Saja, zagueiros como William (hoje no Corinthians) e os zagueiros Léo e Réver, mas recentemente.


Mas a velha mania da diretoria continuou, se o ataque era ruim, hoje está reforçado com a grande dupla Borges e Jonas, além de Leandro e Bérgson. Porém não era possível deixar o time completo, principalmente por questões financeiras. Então aos poucos a defesa foi se desmanchando, primeiro com a troca de Léo e depois pela venda de Réver.


Assim, a estrutura da zaga gremista, que era uma das melhores do Brasil, foi se desmanchando. Victor continua no gol, porém Mário Fernandes, tido como promessa, foi para a lateral direita, Maurício não substituiu Léo à sua altura, Saimon segue como “menino da base” e Rafael Marques é considerado mediano. A desestruturação da zaga não se percebe apenas na escalação do time, mas também nos números e dentro dos jogos. Em todos os jogos de 2010 o Grêmio saiu perdendo e as falhas da zaga são visíveis.


Mesmo no mercado escasso, o Grêmio procurou quem pode ser o “xerife” da defesa gremista. Entre as opções estavam Jadson Vieira, nascido na fronteira gaúcha e que desenvolveu seu futebol no Uruguai, atualmente jogando no Lanús da Argentina. Outra opção aqui no Brasil era o zagueiro Renato, do São Paulo, mas que após a venda de André Dias voltou a ser usado como titular na equipe paulista, não mais sendo negociado. No Sport, o nome em questão era Igor, mas sua transferência foi desmentida pelas duas equipes.


Mas não foram apenas tentativas falhas, um novo reforço está desembarcando em Porto Alegre, rumo ao Olímpico. Rodrigo vindo do Dínamo de Kiev teve passagem no São Paulo, Flamengo e Ponte Preta. Além disso, a diretoria pretende mais um reforço na defesa, indo à busca de Douglas as Silva, que atualmente joga em Israel no Hapoel Tel-Aviv.


A torcida gremista continua na torcida por mais contratações, uma zaga segura e sem precisar vender um setor para comprar outro. Assim, podendo entrar definitivamente na busca de títulos e erguer a taça novamente, com um time realmente completo.

Rodrigo é o mais novo contratado.

3 comentários:

.Macarenna disse...

É Alee a situação tá nadaa booah
mas há esperança sempreee.

muito bom o post
beeijinhoos

16 de fevereiro de 2010 02:23
Bruno Muniz disse...

Simples, o Grêmio deve ter pensado em dois ditados do futebol que os tolos dizem, " a melhor defesa é o ataque" e "o melhor ataque é a defesa". Formar time durante campeonato é complicado, o Grêmio tem que se apressar, o tempo passa......

Abraço

16 de fevereiro de 2010 21:46
Leti disse...

Verdade, isso que acontece! e quem sofre é quem torce em ver o time ruim! Espero que melhorem :D
Beijoo.. Ale tu escreve demaiis :D

16 de fevereiro de 2010 21:57

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB