Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Classificação Garantida

7 de fev de 2010


O Engenhão assistiu a mais uma goleada esse ano. E dessa vez foi boa, acreditem! Em mais uma tarde de muito calor no Rio de Janeiro, o Botafogo espantou qualquer "azarão" de ocupar a vaga demarcada para os quatro melhores times do campeonato. Como muitos acreditam ( e me incluo nisso ), agora sim começa o Campeonato Carioca.
Mas não pensem que foi fácil não, muito pelo contrário. Tinha tudo para ser dramático, pois o Resende com menos de um minuto de jogo logo fez 1 x 0 com Elias. Foi o que de melhor eles fizeram no primeiro tempo. Mas juntamente com esse gol veio a notícia de que o Vasco estaria perdendo para o Madureira, ou seja, estávamos fora da semi-final.
Porém esse quadro foi logo revertido. E na batida de El Loco Abreu, viramos e com certa facilidade, nunca antes obtida. O primeiro gol veio de um cruzamento feito pelo contestado Lúcio Flávio, que hoje jogou bem e saiu aplaudido de campo, na cabeça do uruguaio. Botafogo 1 x 1 Resende.
O segundo gol veio de novo de bola aerea. Agora o cruzamento de Marcelo Cordeiro encontrou o Abreu e ele não desperdiçou. Botafogo 2 x 1 Resende. Com esse segundo gol as jogas começaram a sair naturalmente e o panorama da partida já havia mudado. Na primeira etapa ainda sobrou tempo para o Alessandro acertar uma ótima cabeçeada e o goleiro Cléber fazer uma boa defesa. A torcida cresceu juntamente com o time, e o time do Resende ficou perdidinho em campo. Tanto que após segurar a camisa do garoto Caio, Márcio Gomes foi expulso e complicou ainda mais a situação do time do interior.
No segundo tempo, o time veio mais solto e logo resolveu a partida. Depois de um cruzamento de Alessandro, o goleiro se atrapalhou com a bola e El Loco Abreu estava lá para ampliar. Logo depois, depois de uma boa jogada, Abreu chuta na trave e, no rebote, Marcelo Cordeiro amplia. Botafogo 4 x 1 Resende.
Daí em diante, foi só administrar o jogo, porque mesmo o Vasco tropeçando lá, nós já estavamos classificados. E foi a hora do Joel poupar os pendurados. Primeiramente ele tirou o Lúcio Flávio e colocou o Somália. Depois foi a vez do Marcelo Codeiro ser substituido por outro bom garoto, Wellington Júnior, e por fim ele tirou o Leandro Guerreiro e colocou o Diguinho. Com as mudanças o ritmo diminuiria certo? Dessa vez não. A partida continuou corrida. Até que Wellington Júnior fez um belo gol para contretizar o resultado da partida. Ok, eles ainda diminuiram com Elias outra vez, mas nada que tirasse a goleada do placar. Botafogo 5 x 2 Resende!
Alguns jogadores se destacaram individualmente na partida de hoje. Dos quatro mais criticados, para mim só o Eduardo que não vem correspondendo tanto assim e demonstrando vontade. O Alessandro desarmou e ainda conseguiu se apresentar no ataque, o Fahel teve calma para defender e teve a liberdade de sair mais quando o time estava com um a mais, o Lúcio Flávio estava por todos os lados do campo ( é sério, eu não sonhei ) e foi mais preciso em seus passes. Não podemos deixar de destacar também o Leandro Guerreiro, preciso na marcação; Abreu, que mostrou mesmo seu talento com a cabeça; além do Caio, que em sua primeira partida como titular absoluto apareceu bem, exagerou sim em vários lances, mas agora cabe ao Joel sentar e conversar com ele. É muito novo ainda, e pode nos dar muitas alegrias.
Mas agora é pensar no campeonato que esta por vir. Logo na semi-final enfrentaremos o Império do Amor, ops, o Flamengo. E por mais que nos anos anteriores isso não tenha significado uma grata tarefa, a verdade é só uma, quando os jogadores querem eles conseguem, mesmo esse time sendo muito limitado.
Porém antes o jogo eliminatório contra o Flamengo, teremos a nossa primeira partida pela Copa do Brasil. E enfrentaremos quarta-feira o São Raimundo-PA, às 21:00, tentando eliminar já a partida de volta. E que essa melhora no time não pare por aqui...

Saudações alvinegras a todoos ;*

3 comentários:

artur disse...

Minha cara Julinha,
ja vamos tarde pela madruagada a dentro. Vc sempre com a descrição precisa das partidas do nosso time e com os comentarios abalizados e precisos, de quem acompanha futebol como poucos.
Eu apenas, quero aqui, chamar a atençao para um detalhe importante que observei no jogo de hoje e que demonstra cabalmente, o acero da contratação de Joel para o lugar do Estevam, uma boa pessoa mas um tecnico muito limitado. Vamos la: no segundo tempo, o Botafogo marcou pressão no time adversario, na saída de bola. Quantas vezes vimos o Resende ficar sem qualquer opção de jogada, até que entregassem a bola à um dos nossos. Enessa opção tatica, até o Edurado foi importante.
A mim me parece que, o dedo do técnico está a mexer com os jogadores, que apesar do forte calor no Engenhão hoje a tarde, cumpriram a risca tal determinação tatica. O resultado não poderia ser outro: Botafogo 5x2.
Saudações alvi-negras.
Artur

8 de fevereiro de 2010 04:26
Anônimo disse...

Saudações Alvinegras,
Muito bom o Glorioso ter vencido de 5x2 !
Um jogo muito bom !
Na torcida smp smp ;)
Dáá-lhe Fogão

8 de fevereiro de 2010 10:48
Anônimo disse...

Boa análise Júlia !
O Fahel realmente se movientou bem , agora , o Leandro Guerreiro está muito afoito na marcação . É um cartão amarelo por jogo , fora a expulsão que ele já teve neste campeonato .
Pra cima do Imperio do Mal ... Imperio dos Mulambos ... Tudo , menos imperio do amor . ahaashasa
Fogooooooooooooooooooooooooooo !

Guilherme Palla

8 de fevereiro de 2010 13:50

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB