Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Um encontro de Deuses

15 de ago de 2009

ou, Um breve retorno aos anos 60

Amigo torcedor de todo Brasil, para quem tem saudades do Telecatch (aquela luta livre "armada", comum nas TVs dos anos 60), dos tempos de Ted Boy Marino, Fantomas e outros, deve estar se esbaldando ao acompanhar o noticiário televisivo, afinal o "vale tudo" se faz presente na "guerra santa" Global e Universal (e em brigas de comadres é que se dizem as verdades...) ou na troca de acusações escabrosas no Senado (onde o ditado acima também vale)... porém ao final, ninguém sai machucado de verdade.

Mas dos anos 60 prefiro referências melhores, seja o aniversário do Festival de Woodstock, sejam as belíssimas apresentações dos times brasileiros. E para mim, a mais expressiva, a mais significativa, a mais espetacular, era um confronto entre Santos e Cruzeiro, como ocorrerá novamente neste domingo em Belo Horizonte.

A partir da inauguração do Mineirão e enquanto Tostão envergava a camisa celeste, Santos x Cruzeiro era sinônimo de grandes exibições. Uma rivalidade sadia, onde vencia quem apresentasse o futebol mais clássico, mais vistoso, ou quem tinha seus craques numa tarde mais inspirada. E craques não faltavam: Pelé, Tostão, Edu, Dirceu Lopes, Cejas, Raul Plassman, Ramos Delgado, Perfumo, Marinho Perez, Brito, Djlama Dias, Fontana, Clodoaldo, Wilson Piazza, Lima, Zé Carlos, Manoel Maria, Natal...

As partidas, decisivas ou não, eram aguardadas por todos, e a imprensa não economizava adjetivos para descrever o que acontecia em campo. "Um jogo de deuses", era assim que a revista Placar abria a matéria, em 1970. Leia a ficha técnica e entenderá:

Cruzeiro EC 1x1 Santos FC
Data: 27/09/1970
Lcal: Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Competição: Torneio "Robertão"
Árbitro: José Aldo Pereira
Gols: Nenê 27' (SFC) e Tostão 70' (CEC)
CEC: Raul; Pedro Paulo, Brito, Wilson Pizza e Vanderley; Zér Carlos e Dirceu Lopes; Natal, Evaldo (Eduardo), Tostão e Hílton Oliveira (Rodrigues).
Técnico: Filpo Nuñes
SFC: Cejas; Carlos Alberto Torres, Ramos Delgado, Djalma Dias e Turcão; Clodoaldo e Lima; Manoel Maria, Nenê, Douglas (Picolé) e Abel (Léo Oliveira).
Ténico: Antoninho

Uma partida excepcional de dois super times, um desfile de craques, estréia espetacular de Cejas, um jogo de deuses... assim a revista Placar descrevia a partida.

O último duelo enttre Pelé e Tostão, foi em 1971, vitória alvinegra:

Cruzeiro EC 0x1 Santos FC
Data: 03/10/1971
Lcal: Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Competição: Campeonato Nacional
Árbitro: Armando Marques
Gols: Dicá 56' (SFC)
CEC: Hélio; Pedro Paulo, Perfumo, Wilson Pizza e Vanderley; Zé Carlos e Dirceu Lopes; Roberto Batata, Evaldo (Baiano), Tostão e Lima (Eduardo).
Técnico: Orlando Fantoni
SFC: Cejas; Orlando "Lelé", Oberdã, Marçal (Paulo Dávoli) e Rildo; Lima e Dicá; Davi (Nenê), Mazinho, Pelé e Edu.
Ténico: Mauro Ramos de Oliveira
Aos 89' Hélio defendeu um pênalti cobrado por Pelé

E para encerrar, a partida mais significativa do Cruzeiro em sua história, a final da Taça Brasil de 1966:

Cuzeiro EC 6x2 Santos FC
Data: 30/11/1966
Local: Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Competição: Taça Brasil
Árbitro: Armando Marques
Gols: Zé Carlos (contra) 1', Natal 5', Toninho 6' e 9', Dirceu Lopes 20' e 39', Tostão 42' (pênalti) e Dirceu Lopes 72'
Expulsões: Pelé (SFC) e Procópio (CEC)
CEC: Raul; Pedro Paulo, William, Procópio e Neco: Wilson Pizza e Dirceu Lopes; Natal, Evaldo, Tostão e Hílton Oliveira.
Técnico: Aírton Moreira
SFC: Gilmar; Carlos Alberto Torres, Mauro Ramos de Oliveira, Oberdã e Zé Carlos; Zito e Lima; Dorval, Toninho Guerreiro, Pelé e Pepe.
Ténico: Lula

Realmente, o Cruzeiro era um adversário a altura do Santos FC.

E neste domingo, que os dois times possam fazer uma partida digna de suas tradições, e que o Peixe vença, é claro...

Guilherme Nascimento

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB