Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

O empate horrendo e o balde chutado por Fernandão

19 de set de 2012

Olá, leitores, torcedores de diferentes times do país. O empate do Internacional com o Sport Recife, pela terrível atuação colorada, no primeiro tempo, foi horrendo, em termos de projeção da tabela no Brasileirão e absolutamente desanimador. Há uma premissa importante: os meninos Rodrigo Dourado no meio-de-campo (não teria sido melhor usar Bolatti, com maior experiência, poupando Forlán, que jogara terça e quinta, em função do menino Cassiano, que se destacou outra vez, já ter ido bem contra o Botafogo?) e Zé Mário, pelo lado esquerdo, foram mal, baixando a qualidade geral do Time, também por não encontrarem melhor posicionamento, o que está diretamente relacionado à orientação do treinador. Assim, a defesa ficou desprotegida, os pernambucanos dominaram as ações, e na única chance mais clara do Colorado, Leandro Damião teve uma postura assustadoramente displicente, tentando concluir de letra uma jogada em que se tratava de dominar e fazer o gol. A segunda etapa teve uma reação suficiente para a igualdade, mas não pros três pontos. Fernandão apelou para um esquema quase 4-3-3, com Forlán na esquerda, que depois daria lugar a Lucas Lima, com recomposição da tática 4-4-2, e Cassiano na direita. Enfatizou tanto a atitude do grupo na bombástica entrevista coletiva após a partida que negou a alteração neste âmbito. Não foi bem assim. - X - Em mais de 35 anos acompanhando futebol, não me recordo de declarações tão impactantes de um técnico. Vários colegas e pessoas que conheci no Conselho do Inter também não. Se ele dissesse somente "Sob o prisma mental, não estamos preparados pra chegar em lugar nenhum no campeonato", já seria muito forte, mas definiu como vergonhoso o comportamento na fase inicial do confronto, discriminou jogadores que não estão na tal "zona de conforto", um eufemismo para Corpo Mole, como escreveu meu contemporâneo na UFRGS, Diogo Olivier, e sugeriu cirurgia no vestiário, priorizando atletas que estejam a fim de alguma coisa nas 13 rodadas restantes da mais importante competição do país. Pensei que a operação, com afastamento de quatro ou cinco jogadores, aconteceria ainda nesta semana. Uma fonte me afirmou que não. Incrivelmente, depois do que Fernando L. Costa afirmou, o staff do Beira-Rio continuará apostando em uma recuperação cada vez mais improvável, na busca de uma vaga na Copa Libertadores 2013. O constrangimento da entrevista de D´Alessandro, depois da lavagem da roupa suja na reapresentação da terça-feira do elenco, me faz acreditar que a tendência predominante ainda é a de mais uma queda do treinador, o qual também tem responsabilidades. Era o gerente executivo antes de passar para a atual função. Entornou o caldo, chutou o balde, porque o panorama no vestiário parece ter chegado a um estágio que ele nunca imaginou e não conseguiu evitar. Uma pena constatar isso em relação a quem representou muitíssimo dentro do campo, na primeira década vitoriosa do Século XXI. E nada de tornar a folha de pagamento mais razoável, verificando desde já - afastado o risco de rebaixamento com mais duas ou três vitórias, até, matematicamente - quem dos jovens merece aproveitamento na próxima temporada! Poucas vezes, desejei tanto estar enganado em relação às perspectivas coloradas. - X - Não tenho nenhuma simpatia pela Seleção Brasileira, ainda mais com o perfil de quem comanda a CBF. Entretanto, acredito que vence a Argentina nesta quarta-feira, com alguma facilidade, talvez por diferença de dois gols. Aliás, em termos de prognósticos, fui muito bem na recente jornada do Campeonato Nacional, acertando sete dos 10 resultados, antevendo com exatidão três placares, inclusive, o do empate entre Grêmio e Flamengo, de modo semelhante a Botafogo e Internacional, com os visitantes largando na frente.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB