Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Galo, meu Galo!

4 de jan de 2010


2009 foi um ano frustrante, com certeza, mas há muito tempo não via a massa se empolgar, apoiar, comparecer em peso e mostrar um sentimento que só o verdadeiro Atleticano, coração sofrido e magoado, sente e não sabe explicar. Mas pra que explicar se o próprio torcedor do Clube Atlético Mineiro é a personificação desse sentimento? Os jogos do Atlético nesse ano e principalmente no Brasileirão foram um “show”, verdadeira mostra de um amor incondicional e incontrolável, que precisa ser mostrado e literalmente “gritado” aos quatro ventos, para que todos saibam que ser apaixonado por um time não impõe condições como ganhar títulos e títulos. Opa... Mas seria essa última consideração uma meia verdade! Isso foi provado quando o rendimento do time, que parecia inatingível, caiu subitamente e trouxe à tona um sentimento de frustração tão grande que afugentou o torcedor de vez dos jogos do Galo. Ser Atleticano é mais que viver de títulos, mas “unzinho” de vez em quando não faz mal a ninguém, não é mesmo?
Exalto a massa do Galo, da qual faço parte com orgulho, mas me junto ao grupo dos mais racionais, que torce, ama, mas ama com amor que enxerga erros, sabe criticar e sente sim, falta de um título de expressão para elevar nosso ego um pouco que seja. Creio que isso não faz de mim um “CORNETA”, espécime tão odiado em comunidades de Atleticanos em sites de relacionamento. Não quero e nem vou falar nesse primeiro artigo sobre jogadores, técnico “invencionista” (ihh... falei!) e nem dos rivais. Falo sim de um cara que é Massa Atleticana como eu e que me mostra surpreendentemente que mesmo que títulos não venham, o Galo, o meu Galo, tem um homem de frente que é sério e que tem esse tal sentimento inexplicável pelo alvinegro centenário. Kalil, estamos com você!
A massa do Galo é incomparável, não tenho dúvidas! Até quem não é torcedor do Atlético Mineiro é obrigado a admitir tal fato. E sei que mesmo depois do frustrante 2009 estará presente nesse novo ano mostrando sua força como sempre. Mas "nem só da massa viverá um clube de futebol", e espero que 2010 seja um ano melhor para todos nós, o maior bem que o clube possui. Força, garra, união, paz, Jesus no coração, rock na veia, saúde demais e Galo, meu Galo sempre!
Wagner Diniz.

4 comentários:

wendelladorador7 disse...

Galo, Galo, meu Galo... 2010 promete e com certeza vou torcer com um sorriso estampado em meu rosto e com uma vontade de gritar É CAMPEÃO!!! Wendell Azevedo

4 de janeiro de 2010 01:33
carol sakurá disse...

Olá,Wawá!
Meu amigo que atleticano apaixonado!Adorei o site!Parabéns a todos os envolvidos!

É possível perceber que o Galo não é um time de títulos ou conquistas heróicas.
Contudo,há um diferencial:Uma torcida apaixonada!
Não vou fazer militância em dizer que é a maior de Minas ou não,sinceramente,isso não importa.
Quando digo sobre paixão ao Galo,é algo que não se explica e nem precisa.Os torcedores brigam com o time,choram,sofrem e até mesmo,não possuem nenhum título.
Porém,a despeito de toda dor,basta um foquete explodir e alguém gritar Galooooo,que o outro atleticano rapidamente sorri e tudo se transforma em festa.
Não quero fazer-me entender,pois é algo que só alguém que ama pode sentir.
E novamente digo,não temos título,nem nada,mas uso aquele velho ditado:Se uma camisa do Galo estiver no varal,o atleticano torce contra o vento.

Beijos!
Carol

p.s:Estão adicionados aos meus favoritos!

4 de janeiro de 2010 12:26
Blu disse...

Excelente texto, Wagner.
Sobre ser um "CORNETA", eu acho que existem vários tipos. Tem aqueles que criticam com base em bons argumentos. Outros por simplesmente desgostarem de alguém ou algo.

É o que eu sempre falo quando me refiro ao Galo. Faltam títulos sim. Sem dúvida é um clube grande, mas tá na hora da torcida exigir ao extremo desses dirigentes que entram, se enriquecem, e saem dos clubes.

4 de janeiro de 2010 12:30
Eric Ricardo disse...

Wagner, passo aqui para te dar os parabéns pelo texto e reconhecer que, realmente, atleticanos são apaixonados pelo Galo. Porque só paixão explica a força para aguentar tanto sofrimento... hehehehe!
Pretendo acompanhar suas opiniões aqui, hein! Força na peruca e sucesso nessa nova empreitada! Feliz 2010 para nós!
E quando quiser desabafar, chorar os gols perdidos e as derrotas do Galo... lembre-se dos amigos, que são para essas horas. Principalmente, os amigos cruzeirenses... rsrsrs. ;P

4 de janeiro de 2010 19:32

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB