Grêmio

Grêmio
Mais uma vitória em busca do tri!

Internacional

Internacional
A semana, a ideia de Roth, o Inter B.

Grêmio

Grêmio
Maylson garante mais uma vitória

Internacional

Internacional
O Inter estará pronto dia 16?

Ressaca na Ressacada

23 de jul de 2009


Nada como uma rodada depois da outra…

Depois de um domingo glorioso (seja pela data ou pelo placar), parece que o tricolor dos pampas entrou na 13ª rodada confiando demais na própria sorte – o que não se mostrou muito producente.

Mesmo contando com a vibração e entusiasmo de um imenso contingente de torcedores que se espremiam no local designado aos visitantes no estádio de Florianópolis, o que se viu em campo era uma equipe previsível e apática – muito diferente daquela que soube se impor diante do maior rival 72 horas antes.

Parece que a propalada massa polar vinda do extremo sul chegou antes nas pernas gaúchas, o que fez com que a equipe fosse sempre suplantada pela combatividade da equipe catarinense.

O Jogo

Apesar da intenção de controlar as ações desde o início da partida, cadenciando os movimentos e alternando as investidas por um e outro lados do campo, o Grêmio só jogava quando a posse de bola lhe pertencia. O Avaí, no entanto, mesmo demonstrando mais vontade do que qualidade técnica, impunha-se. Afora uma conclusão de Souza em bola parada e um chute de Máxi Lopes que explodiu no peito do goleiro Eduardo Martini (egresso das categorias de base do Grêmio), quem demonstrava real interesse na vitória era o time catarinense, que teve boas oportunidades pelo miolo de zaga tricolor.

O placar em branco no final do primeiro tempo foi muito mais um castigo aos torcedores que se dispuseram a encher a Ressacada do que mérito na contenção de um lado ou outro dos contendores. Na volta para a segunda etapa, após uma falta primária do zagueiro Réver na meia-lua da área, o volante Ferdinando acertou um balaço no canto direito do goleiro Victor.

Uma pena que a mesma força desferida no chute do gol tenha sido empregada no pé do atacante Jonas em uma bola dividida no meio-campo. O entusiasmo de Ferdinando deu origem ao único cartão vermelho do jogo. Mesmo com um jogador a menos desde o primeiro terço da etapa final, foi o Avaí quem esteve mais perto do segundo gol do que o Grêmio de empatar. O jogo passou a ser de um mormacenta troca de passes na intermediária de ataque tricolor e uma ou outra investida aguda do Avaí, que dava chutões buscando a velocidade do veloz atacante solitário Roberto, que entrara na partida apos a expulsão do volante alvi-celeste.

Saldo

Finalizada a partida, restou ao Grêmio amargar o aproveitamento ridículo de menos de 6% nos jogos fora de casa (o pior até o momento entre todos os times), além de uma série de desfalques para a próxima rodada, quando enfrenta o instável Santo André em casa. Ao Avaí, em ascensão no campeonato, fica a comemoração pela terceira vitória seguida, feito inédito em todas as suas participações na primeira divisão até ontem.

1 comentários:

Coxamor disse...

Fala
Beleza?
Muito legal seu blog!
Vamos ser parceiros?
Se quiser ser me fala no meu blog.
http://coxamor.blogspot.com/
Abraços
Pedro

23 de julho de 2009 18:44

Postar um comentário

 

2009 ·Gol de Letras by TNB